NESTÓRIO BAPTISTA VALENTE

A imparcialidade, integridade moral e honestidade foram os atributos que fizeram com que Antônio Augusto Junqueira, industrial, banqueiro e deputado, e seu sócio José Mercadante, escolhessem Nestório Baptista Valente para assumir a função de editor-chefe do Jornal Além Parahyba, cargo que exerceu da data da fundação do semanário, em 07 de setembro de 1923, até o ano de 1939. Como editor-chefe do jornal obteve de toda a comunidade alemparaibana e da região o respeito e credibilidade que somente é dada àqueles profissionais da imprensa que exercem a profissão com humildade e respeito ao próximo.

Nestório Baptista Valente nasceu em Piacatuba, distrito do município de Leopoldina, no dia 08 de setembro de 1894. Era filho do farmacêutico Ezequiel Valente e Zoraida Baptista Valente, e neto, do lado paterno, de Francisco Soares Valente Vieira e Francisca Rosa Soares Vieira, e, do lado materno, de Cândido José Baptista e Gabriela Francelina de Oliveira.

Estudou no Ginásio Leopoldinense onde, depois de formado, foi professor e conheceu Guiomar Souza Lima, sua futura esposa, nascida em Cataguases no dia 22 de março de 1895, filha do fazendeiro João José Souza Lima e Elisa Alves de Souza Lima, e neta, do lado paterno, de João de Souza Lima e Carlota Rocha de Lima, e, do lado materno, de Belizário Alves Ferreira e Maria Rosa Ferreira. Tiveram três filhos: Nestório, casado com Edwirges Axt Valente; Dulce, casada com Mozart Cabral França; e Ciro, casado com Josélia Macedo Valente.

Em 10 de dezembro de 1923, Nestório Baptista Valente ficou viúvo, casando-se novamente, em 1932, com Nadir de Souza Lima, filha de Ovídio de Souza Lima e Alice de Souza Lima. Tiveram três filhos: Yonne, casada com Lailter Pontes Braz; Maria Aparecida, casada com Kleber Santos Borich; e Emmanuel, casado com Salete Valente.

Nestório Valente exerceu por longos anos o cargo de inspetor de ensino da então província de Minas Gerais. Foi funcionário até aposentar-se do Banco Ribeiro Junqueira, onde foi fundador de várias agências, inclusive a de Além Paraíba. Na instituição bancária, pela sua conduta moral e honestidade, era admirado e respeitado pelo diretor-presidente Dr. Antônio Augusto Junqueira, com quem cultivou grande amizade.

Após longos anos residindo em Além Paraíba, exercendo as funções de gerente do Banco Ribeiro Junqueira e a de editor-chefe do semanário ALÉM PARAHYBA, em 1939 Nestório Baptista Valente foi residir em Miracema (RJ), onde foi assumir a gerência da agência local da instituição bancária em que trabalhava. Passados alguns anos, mudou-se para Nova Friburgo, onde faleceu em 08 de fevereiro de 1964.

Publicado na edição n° 347.

Texto de Flávio Senra. Foto: arquivo da família.