ZÉ DAS MEDALHAS – Edição nº 004, de 31/07/1993

No ano de 1993, por indicação do então vereador Gelson Luiz de Moura, o Bi, a Câmara Municipal aprovou a criação da Comenda do Mérito Mercadante, que seria dada a apenas dois nomes aprovados por unanimidade no planário daquela Casa quando da Reunião Extraordinária que é realizada no dia 28 de setembro de cada ano, ocasião do aniversário de emancipação político-administrativa de Além Paraíba.

A polêmica logo surgiu junto a edilidade alemparaibana, isto porque alguns vereadores, liderados pelo então presidente-vereador José Carlos de Souza, já falecido, queriam que cada edil escolhesse um nome, com a Câmara Municipal destinando o título de Comendador não apenas a dois nomes a cada ano, mas sim à 15 já que este era o total do corpo da edilidade. A indicação inicial foi alterada, e logo na primeira indicação o vereador Bi decidiu não apresentar um nome em protesto à alteração de seu projeto. Acabaram sendo homenageados 14 nomes.

Quando da alteração do projeto do vereador Bi, o chargista Guilherme Diniz apresentou a charge denominada “Zé das Medalhas” ao editor do ALÉM PARAHYBA, que acabou sendo publicada na primeira página da edição que circulou no dia 31 de julho de 1993. Foi a primeira entre as muitas charges que Guid publicou no semanário…