Instituto Estadual de Florestas (IEF-MG) encerra suas atividades em Além Paraíba

Escritório do IEF-MG em Além Paraíba em pleno funcionamento com o engenheiro florestal Luiz Alberto Batista de Morais, agora desativado.

Após 38 anos de funcionamento em Além Paraíba, a Agência Avançada do IEF-MG – Instituto Estdual de Florestas, que tinha sua sede instalada junto a sede do Sindicato Rural, acaba de encerrar suas atividades no município alemparaibano. Depois de perder a Agência do INSS, este é mais um golpe da entrutura do município.

Na semana passada (16), um caminhão do órgão estadual esteve em Além Paraíba e recolheu todos os materiais (móveis, documentos e utensílios) do escritório. Segundo informações oficiosas, o único funcionário do órgão em Além Paraíba, o engenheiro florestal Luiz Alberto Batista de Morais, que dias atrás comemorou 36 anos de formando, entrou de férias regulares que se estenderão por outros cinco meses devido férias-prêmio. Posteriormente, ele se aposentará e não será substituído.

Pelo mesmo motivo o IEF-MG já fechou, neste ano de 2019, suas unidades em Alvinópolis, Guaraciaba e Ponte Nova. Com o fechamento em definitivo da Agência Avançada de Além Paraíba, os moradores locais, de Volta Grande, Estrela Dalva, Pirapetinga e Santo Antônio do Aventureiro serão obrigados, quando necessário, se deslocar até as cidades de Leopoldina ou Muriaé para serem atendidos.

E enquanto isso acontece, tanto o prefeito quanto os membros da edilidade alemparaibana, em especial os que formam a base do Executivo Municipal, fingem desconhecer o fato, isto porque, na semana passada (16), quando da reunião ordinária da Câmara Municipal, todos os vereadores já sabiam do ocorrido.

(Edição 1081, de 26/12/2019)