Trem Minas-Rio ligará Cataguases MG a Três Rios RJ

O trem de turismo Rio – Minas, que ligará Três Rios (RJ) a Cataguases (MG). (Foto de autoria de Caio Correa Mello/ONg Amigos do Trem/Divulgação).

Responsáveis pela viabilização do Projeto da Locomotiva a Vapor 51 em Além Paraíba se reuniram em Belo Horizonte com representantes do Governo do Estado e da VLi Logística

Projeto de trem de turismo Minas-Rio, que ligará Três Rios (RJ) a Cataguases (MG), deve ser viabilizado ainda neste ano. 

Dia 17 de janeiro, esteve na sede da VLi (Vale do Rio Doce), em Belo Horizonte, os alemparaibanos Valério Ottero (ABPF-PN) e André Martins Borges (MHCN),  envolvidos na viabilização do projeto para a viabilização do Trem de Turístico na Locomotiva a Vapor 51 em Além Paraíba.

Reunião realizada na semana passada, na sede da VLi (Vale do Rio Doce), em Belo Horizonte.

Na reunião, além de André e Valério, estavam presentes Vânia Silveira de Paula Cardoso, Superintendente de Transportes Ferroviários de MG; Célia Porcino, Superintendente de Bibliotecas, Museus, Arquivos Públicos e Centros Culturais de MG; e Flávio Henrique Rodrigues Pereira, Gerente de Relações Institucionais e Comunidades da VLi Logística. Na pauta da reunião, entre outros assuntos, estava a liberação do leito ferroviário entre Simplício e Fernando Lobo.

O Trem Turístico Minas-Rio terá dois trens, com 15 vagões panorâmicos cada, adquiridos juntos a Vale do Rio Doce. São os antigos vagões do Trem Vitória-Minas, todos reformados. Um trem sairá de Cataguases (MG) e outro sairá de Três Rio RJ, no mesmo horário, se encontrando no meio do caminho, em Além Paraíba.

Serão mais de 160 km de linha férrea reativado. Os trilhos por onde o trem passará foram usados no século XX, para transporte de carga e café da região da Zona da Mata. O trajeto do trem passará por seis cidades mineiras: Cataguases, Leopoldina, Recreio, Volta Grande, Além Paraíba e Chiador, e duas fluminenses, Sapucaia e Três Rios. O trem circulará nos fins de semana e feriados, transportando 860 passageiros a cada dia. Segundo estimativa da Ong Amigos do Trem, essa nova linha irá gerar cerca de 500 empregos diretos.

O trem ainda não está nos trilhos devido a obras de reforma na linha férrea, que está sendo toda recuperada, para que possa proporcionar segurança e conforto aos passageiros. Num futuro, essa linha, além do transporte de passageiros, poderá transportar também mercadorias e matéria prima.

Cyntia Nascimento, presidente da Ong Amigos do Trem, diz que “quanto a inauguração, não estamos trabalhando com uma data ainda. O pessoal está terminando as obras da via. A partir disso vamos ter uma data certa”. Segundo Cyntia, todos os prefeitos da região beneficiada estão dando apoio à iniciativa. Alguns prefeitos estão empenhados em reformar ou construir estações e outras obras para facilitar o trajeto do Trem Minas-Rio, valendo ressaltar que faltam reformas em algumas estações pelas prefeituras e revitalização da linha férrea, que está sendo realizada pela concessionária FCA/VLI, bem como vistorias legais, para que o trem possa ser inaugurado.

A expectativa para a circulação do Trem Minas-Rio é muito grande e a Ong Amigos do Trem, com o objetivo de informar, emitiu a seguinte nota sobre a situação atual da linha. Leia a nota na íntegra:

“A ONG Amigos do Trem vem por meio deste comunicar a todos que o Trem Minas-Rio está com 09 vagões de passageiros e 02 locomotivas reformadas. Quanto a parte da documentação legal da ANTT foi toda concluída, incluindo a inspeção da Agência Reguladora da linha férrea entre Três Rios, Chiador, Sapucaia e Além Paraíba, aguardando a segunda inspeção de Além Paraíba, Volta Grande, Recreio, Leopoldina e Cataguases, data esta que deverá ser programada e realizada pela ANTT.

O Trem Minas-Rio encontra-se estacionado na cidade de Três Rios aguardando a conclusão da revitalização da linha férrea que vem sendo realizada pela concessionária FCA/VLI, não dependendo do operador do trem que é a ONG Amigos do Trem.

A ONG neste momento aguarda as decisões futuras da concessionária para formalização do Contrato Operacional Específico para operação do Trem Minas-Rio e decisões da ANTT e MPF.

Também comunicamos que o projeto do Trem Minas-Rio continua cada dia mais forte e consolidado até que se resolva de fato estas questões burocráticas acima transcritas para que se possa dar início às operações.

Atenciosamente, / Cyntia Nascimento Leite – Presidente da ONG Amigos do Trem”

A previsão da Ong Amigos do Trem e prefeitos das cidades contempladas com o trem Minas-Rio é que a recuperação da linha férrea e estações esteja concluída em 2020, quando o trem poderá ser inaugurado. O dia e o mês ainda não foram definidos, mas a expectativa é para 2020.

O interior de um dos vagões que atenderão a clientela durante o trajeto Três Rios (RJ) a Cataguases (MG). (Foto de autoria de Caio Correa Mello/ONg Amigos do Trem/Divulgação).

Quem quiser saber mais sobre o Trem Minas Rio, pode entrar em contato com a Ong Amigos do Trem através da fanpage:https://www.facebook.com/ONGAmigosdoTrem/.

Publicado na edição 1084, de 22/01/2020.