Enquanto agentes políticos de várias partes do País e da região reduzem seus salários, o prefeito de Além Paraíba “neca de pitibiriba”

Inúmeros são os prefeitos e vereadores brasileiros que estão reduzindo seus salários (subsídios) numa tentativa de auxiliar seus municípios com combate a pandemia do COVID-19.

Na capital mineira e outros municípios que circundam o município alemparaibano, vários são os exemplos de austeridade advindos da parte de seus governantes e dos fiscais do povo (vereadores), que imbuídos num gesto de solidariedade, cortaram em percentuais generosos os seus ganhos mensais, alguns em até 50%, o que certamente contribuirá na aquisição de máscaras, luvas, álcool gel e até mesmo no fortalecer seus caixas para garantir os salários dos servidores municipais. No vizinho município fluminense de Carmo, por exemplo, o prefeito César Ladeira anunciou o corte em 50% nos salários dos cargos políticos, gesto também anunciado pelo Chefe do Executivo Municipal de Sapucaia, Fabrício Baião.

Enquanto isso acontece, o prefeito de Além Paraíba, Miguel Belmiro de Souza Júnior, o Miguelzinho, bem como seus secretários e agentes políticos, continuam com seus vencimentos integrais, em nada contribuindo para maior eficiência nesse momento gravíssimo em que passa todo o país.

Também os vereadores alemparaibanos, mesmo de portas fechadas, também continuam recebendo seus gordos subsídios. Vale ressaltar, dias atrás o vereador Rodrigo França postou em rede social ser favorável à redução dos subsídios que são pagos à edilidade alemparaibana. Para Rodrigo, que conversou sobre o assunto com o editor do semanário ALÉM PARAHYBA, Flávio Senra, mesmo antes da crise provocada pela pandemia do COVID-19 seu posicionamento sobre os valores do subsídios pagos aos vereadores de Além Paraíba sempre foi de redução, o que chegou a ser alvo até de chacota de alguns colegas que prefere declinar o nome. No atual momento, sabe-se que apenas a Presidência do Legislativo Municipal de Além Paraíba, ocupada pelo vereador Gérson Barreto, tem poderes para promover a redução dos subsídios do vereadores alemparaibanos.

Munícipe faz apelo a Miguelzinho

Em rede social (facebook), um munícipe alemparaibano de nome Thiago Ortega fez um apelo ao prefeito Miguelzinho no sentido de que o Chefe do Executivo Municipal de Além Paraíba promova uma redução em seu subsídio, bem como de todos seus secretários, agentes políticos e vereadores, além da interrupção das obras do Vassourão. Disse Thiago Ortega:

“Ilmo. Prefeito Miguel Belmiro de Souza Júnior, precisamos da ajuda de nossas autoridades municipais em Além Paraíba. Muitas pessoas vão passar fome e muitos comércios e empresas irão se fechar por causa da crise instaurada por causa do Corona Vírus.

Queremos que a Câmara Municipal de Além Paraíba aprove um projeto de lei para fazer a redução de metade dos salários de todos os cargos políticos do município e gostaríamos que pegassem esse dinheiro para ajudar as pessoas mais necessitadas com doação de cestas básicas a população.

Também queremos que interrompam as obras do Vassourão e usem essa verba para comprar os aparelhos respiratórios para salvar vidas em nossa cidade, com o intuito de melhor equipar o nosso Hospital São Salvador. Será neste momento mais difícil que estamos passando que veremos qual político que estará ao lado do povo.

Cabe aos nossos governantes municipais darem o exemplo e nós ficarmos em casa seguros. Se todos nós fizermos a nossa parte, poderemos ajudar a população de Além Paraíba”.