Estado recua e nega morte por Covid-19 em Juiz de Fora

Governo de Minas retificou informação publicada na manhã desta quinta e apontou erro nos dados

Por Carolina Leonel | Tribuna de Minas

02/04/2020 às 17h13- Atualizada 02/04/2020 às 21h28

Após confirmar uma morte por coronavírus (Covid-19) em Juiz de Fora, na manhã desta quinta-feira (2), o Governo de Minas retificou a informação no fim da tarde e comunicou que, na verdade, o Estado ainda não tem a confirmação de nenhum óbito em Juiz de Fora até o momento. Em videotransmissão, o secretário adjunto de Saúde, Luiz Marcelo Cabral Tavares, informou que houve um erro na “extração das informações no sistema em que ficam disponíveis os resultados de exames realizados pela Fundação Ezequiel Dias (Funed)”. Por esse motivo, o boletim epidemiológico divulgado na manhã desta quinta teria informações incorretas.

Além de Juiz de Fora, outros dois óbitos, em Contagem e em São Gonçalo do Rio Preto, que também tinham sido confirmados, foram negados pelo Estado. O subsecretário informou que “todas as medidas necessárias já foram tomadas para que (o erro) não volte a acontecer.”

Portanto, até esta quinta-feira, Minas Gerais tinha quatro óbitos confirmados. Três mortes foram registradas na capital Belo Horizonte, e uma na cidade de Mariana. Segundo o Estado, a suspeita de óbito em Juiz de Fora permanece em investigação. Além desta, outras 54 mortes são investigadas em Minas Gerais, conforme o levantamento estadual atualizado.

Novos casos confirmados

O boletim estadual registrou aumento na quantidade de casos confirmados no estado. Com 56 novas confirmações, Minas Gerais, agora, tem 370 pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus. No total, 41 municípios mineiros já tiveram casos: Alfenas (1), Araguari (1), Arcos (1), Barbacena (1), Belo Horizonte (207), Betim (5), Boa Esperança (1), Bom Despacho (1), Campo Belo (1), Capitólio (1), Campos Altos (1), Carmo do Cajuru (1), Contagem (9), Coronel Fabriciano (1), Divinópolis (9), Extrema (1), Governador Valadares (2), Guimarânia (1), Ipatinga (1), Juiz de Fora (30), Lagoa da Prata (5), Lavras (1), Manhuaçu (1), Mariana (2), Muriaé (3), Nova Lima (22), Patrocínio (3), Poços de Caldas (2), Pouso Alegre (3), Sabará (4), Santa Luzia (1), Santana do Paraíso (1), Santo Antônio do Monte (2), São João del-Rei (3), Serra do Salitre (1), Sete Lagoas (2), Timóteo (1), Toledo (1), Uberaba (4), Uberlândia (22) e Unaí (1). Três casos confirmados aguardam investigação para que se confirme o município de contaminação.

Em todo o estado, cinco mil novas suspeitas foram registradas em um dia. Nesta quinta, a SES registrava 39.084 casos em investigação.O conteúdo continua após o anúncio

PJF afirma que oito óbitos estão em investigação

Na noite desta quinta-feira, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) divulgou números atualizados contabilizados pelo Município. Os dados apontam que a cidade tem oito suspeitas de morte pela Covid-19, todas em investigação. Segundo a Prefeitura, Juiz de Fora tem, até esta quinta, 35 casos confirmados da doença, além de 668 suspeitas. Em um dia, foram registradas 219 novas suspeitas.

Os dados continuam contrastando com as informações divulgadas pelo Estado. No informe estadual desta quinta, eram contabilizadas 30 confirmações. Outras 402 constavam no sistema que revela o número de casos suspeitos na cidade.

Hospitais privados

Boletim divulgado pelo Monte Sinai informou que, entre a noite de quarta e a tarde desta quinta, foram coletadas amostras de dois pacientes no pronto atendimento do hospital. Um deles foi internado na unidade, e o outro recebeu orientação de isolamento domiciliar. De acordo com o Monte Sinai, até esta quinta, seis pacientes estavam internados no hospital. Deste total, um, que recebeu resultado positivo para a Covid-19, está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os outros cinco estão internados em leitos de apartamento. Destes, dois também tiveram resultado positivo para a doença, e os outros três aguardam resultado. Desde o dia 27 de fevereiro, o Monte Sinai atendeu 252 pacientes com suspeita de coronavírus. De acordo com o hospital, todos foram devidamente notificados à Vigilância Epidemiológica.

A Santa Casa de Misericórdia informou que, nesta quinta, o hospital tinha três pacientes internados com suspeita de coronavírus. Entre quarta e quinta, outros dois receberam alta e estão em isolamento domiciliar. De acordo com a Santa Casa, todos estes casos aguardam resultado de exames para a Covid-19.

O Hospital Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) não emitiu boletim nesta quinta. Dados mais recentes da instituição apontam que, até quarta, o hospital tinha dez notificações de casos suspeitos. Destes, seis foram testados, conforme orientação da Vigilância Epidemiológica, e aguardavam resultado dos exames. Entre os dez pacientes atendidos pelo hospital, quatro foram internados, entretanto, três deles já haviam recebido alta hospitalar. Ainda na quarta, apenas um paciente permanecia internado na enfermaria (isolada para Covid-19). O hospital registrou um óbito no último fim de semana. Os demais pacientes receberam orientação para isolamento domiciliar.