NOTA DE INDIGNAÇÃO DO COREN – MG (Conselho Regional de Enfermagens de Minas Gerais)

É com enorme indignação que o Coren-MG recebeu, por parte de profissionais de enfermagem, a informação de que a Prefeitura Municipal de Além Paraíba abriu Processo Seletivo Simplificado para preenchimento de vagas de agente sanitário destinadas a enfermeiros, técnicos e/ou auxiliares de enfermagem, oferecendo a vergonhosa remuneração de R$ 1.100,16.

Nesse momento de pandemia mundial e em meio ao caos estabelecido pelo aumento do número de casos de coronavírus em todo o país, é essencial conceder remuneração digna para que a enfermagem possa se dedicar integralmente à luta contra essa doença altamente infecciosa.

Afinal, com remunerações como esta, muitos têm de se desdobrar em mais de um emprego para poder ganhar o mínimo para se sustentar e às suas famílias. Quem acha justo esse trabalho por pouco mais que o salário mínimo?

O Brasil e o mundo também têm visto pela imprensa que dezenas de profissionais estão morrendo no combate à Covid-19.

E é possível mudar. No Amazonas, o Ministério da Saúde, através do projeto “Ação Amazonas”, está contratando enfermeiros para UTI para trabalho de 36 horas/semana cujo salário chega ao total de R$ 9.864,85, aí incluídos valores relativos à insalubridade e adicional noturno de até 5 plantões/mês.

Assim, contamos com o respeito da Prefeitura Municipal de Além Paraíba para que este erro seja corrigido, e dedicaremos espaço aqui em nossa página para o fato.

Os profissionais de enfermagem estão disponíveis para salvar o Brasil, mas precisam ser tratados com respeito.

#SemEnfermagemNãoTemBrasil