Coronavírus em BH: decreto vai permitir funcionamento das bancas de jornal

Prefeito Alexandre Kalil declarou que, após conversas com comitê de enfrentamento da pandemia, grupo considerou serviço essencial por fornecer informação à população

Por LUCAS MORAIS05/05/20 | Jornal o Tempo

JD_BANCA002.jpg
Bancas podem voltar a funcionar a partir de amanhã | Foto: JAQUES DIOGO / O TEMPO

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), disse em entrevista coletiva que vai permitir a reabertura das bancas de jornal espalhadas pela capital mineira a partir de amanhã. Os locais ficaram mais de 45 dias fechados por conta do decreto municipal que suspende o funcionamento de parte dos comércios e serviços.

Conforme o prefeito, o comitê de enfrentamento do coronavírus na cidade passou a considerar o serviço prestado pelas bancas como prioritário. “A informação é, antes de tudo, essencial. E não sacrificaremos uma indústria tão importante, com jornal e revista, que dá uma aglomeração muito pequena e prestam um serviço muito grande”, enfatizou.PUBLICIDADE

A previsão é que o decreto seja publicado ainda hoje no “Diário Oficial do Município”. Assim como supermercados e farmácias, as bancas também devem adotar todas as medidas preventivas, como uso de máscaras e álcool em gel para evitar a propagação do coronavírus.