Coronavírus circulava pelo Brasil antes do Carnaval, atesta estudo da Fiocruz

Primeiro caso da Covid-19 só foi confirmado pelas autoridades de saúde no país quase um mês depois, no dia 26 de fevereiro, em São Paulo.

Um pesquisador trabalha na replicação de vírus para desenvolver uma vacina contra o coronavírus COVID-19, em Belo Horizonte.

Um estudo inédito divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, aponta que o novo coronavírus já circulava no Brasil desde o fim de janeiro, um mês antes da confirmação do primeiro caso da Covid-19 no país, em 26 de fevereiro, no Estado de São Paulo.

Segundo a Fiocruz, enquanto os países da Europa e das Américas monitoravam os viajantes atrás de casos importados da doença, oriunda da China, a transmissão comunitária da doença já acontecia.

No Brasil, segundo a pesquisa, o novo coronavírus começou a circular por volta da primeira semana de fevereiro, ou seja, antes do Carnaval, que produziu uma série de aglomerações pelo país.

Ainda de acordo com o estudo, a primeira pessoa a morrer de Covid-19 no Brasil faleceu no Rio de Janeiro, na quarta semana epidemiológica, entre 19 e 25 de janeiro, e a transmissão local ou comunitária já estava em curso em São Paulo desde o dia 4 de fevereiro.

Fonte: Igor Veiga / O Tempo

Foto: Douglas Magno / AFP