Gasolina tem alta de 10% nas refinarias nesta terça; motoristas ainda não sentirão reajuste no bolso

Aumento no valor do litro deve ser, em média, de R$ 0,13

por Rodrigo Salgado *

Entra em vigor nesta terça (9) o aumento de 10% no valor da gasolina nas refinarias da Petrobras. O valor do litro deve subir, em média, R$ 0,13. A motivação seria ainda o movimento de alta do petróleo no mercado internacional da semana passada. O diesel seguirá estável.

Vale salientar que esses aumentos são referentes à venda das refinarias para as distribuidoras. O valor repassado nas bombas para o consumidor final não terá impacto imediato e depende, ainda, de outros fatores de mercado, específicos para cada posto, como impostos, margens de distribuição e revenda, custos operacionais, mão de obra, etc.
Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em sua pesquisa mais recente, com dados de 31 de maio a 06 de junho, o preço médio de venda da gasolina em Belo Horizonte era de R$ 3,958; em Minas Gerais, de R$ 4,130. Levando em consideração todo o Brasil, a média é de R$ 3,895.
A atual política de preços da Petrobras de venda de gasolina e diesel leva como base o preço de paridade de importação, constituído pelas cotações internacionais dos produtos, adicionando custos operacionais.Continua depois da publicidade

Trata-se do quinto aumento no valor combustível desde maio. Apesar disso, no acumulado do ano, a gasolina acumula redução de cerca de 24% por conta do forte recuo no petróleo em virtude das medidas de isolamento social provenientes da pandemia do novo coronavírus.

Fonte: Estado de Minas