Notícias CPN 15/06/2020

A PARTIR DE HOJE, 15 DE JUNHO, DE SEGUNDA À SEXTA-FEIRA, AS NOTÍCIAS DO JORNAL COMUNICAÇÃO, DA RÁDIO CPN, ESTARÃO DISPONÍVEIS NO NOSSO SITE.

EIS AS NOTÍCIAS DE HOJE, DIRETAMENTE DA REDAÇÃO DA CPN – REINALDO TAVARES…

NACIONAIS

Bolsonaro sanciona lei que confirma salário mínimo de R$ 1.045,00

O presidente Jair Bolsonaro sancionou sexta-feira (12) a lei que confirma o salário-mínimo no valor de R$ 1.045 reais para 2020. Apesar da validação, o valor atual já estava em vigor desde o início do ano.

A medida provisória editada no final de 2019, e que atualizava o salário-mínimo em 4,1% já a partir de janeiro deste ano, precisou ser revista depois que o Índice Nacional dos Preços ao Consumidor (INPC), utilizado como base para o reajuste, fechou acima da projeção feita pelo IBGE.

Com isso, e para adequar o salário à inflação, foi realizado um novo cálculo, que elevou o salário-mínimo de R$ 1.039, em janeiro, para os atuais R$ 1.045 reais em fevereiro.

Beneficiários que ainda não receberam 1ª parcela do Auxílio Emergência receberão a partir de 6 de julho

A Caixa Econômica Federal informou que os 4,9 milhões de beneficiários que estavam na fila para receber a primeira parcela de R$ 600 do auxílio emergencial poderão sacar os recursos em espécie a partir de 6 de julho. O calendário leva em conta o mês de aniversário, começando por aqueles que nasceram em janeiro.

Nos dias seguintes, até 18 de julho (com exceção do dia 12, um domingo), será a vez dos beneficiários que fazem aniversário nos meses seguintes.

Governo recupera quase R$ 30 milhões em devoluções do Auxílio Emergencial

O governo federal recuperou, até a noite de sexta-feira (12), ao menos R$ 29,65 milhões do auxílio emergencial pago a brasileiros que não se enquadravam nos critérios para o recebimentos do benefício de R$ 600.

Segundo o Ministério da Cidadania, essas pessoas entraram no site criado pelo governo ( devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br) com a finalidade de devolver os valores em caso de confusão.

Entre os 39.517 usuários que se cadastraram para devolver o montante, 23.643 eram militares. Só a parte dessa categoria somou R$ 15 milhões 200 mil em ressarcimentos. O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, citou as ações do governo para “aprimorar o sistema” do auxílio emergencial e celebrou o retorno de parte dos recursos aos cofres da União.

PGR quer apuração de invasão de hospitais

O Procurador-Geral da República, Augusto Aras, pedirá aos chefes dos Ministérios Públicos estaduais que abram investigação sobre casos de invasão a hospitais e ofensas contra profissionais e equipes de saúde. No último dia 4, foi realizada uma invasão no Hospital de Campanha do Anhembi, em São Paulo. Cinco deputados estaduais participaram da ação.

Até a tarde deste domingo (14), a equipe de Aras já tinha preparado ofícios endereçados aos procuradores-gerais de Justiça de São Paulo, Mário Luiz Sarrubbo, e do Distrito Federal, Fabiana Costa Barreto. Os documentos devem ser enviados ao longo da semana. No caso do Distrito Federal, Aras cita ameaças contra uma médica do Hospital de Ceilândia.

PF deflagra operação para apurar desvios de R$ 7 milhões da Saúde de Cabo Frio (RJ)

A Polícia Federal cumpre, nesta segunda-feira (15), mandados de busca e apreensão para apurar supostos desvios de recursos na área de Saúde da cidade de Cabo Frio (RJ). As irregularidades podem ter causado um prejuízo maior que R$ 7 milhões aos cofres públicos, segundo a Polícia Federal, prejudicando o combate à pandemia do coronavírus na Região dos Lagos.

A operação policial, batizada de Exam, conta com colaboração do Ministério Público Federal  e da Controladoria-Geral da União (CGU).

ESTADO

Zema espera pagar em junho salário de todos servidores

O governador Romeu Zema disse que é “muito provável” que o governo consiga pagar quase toda a folha referente ao mês de maio até o último dia do mês de junho. Segundo ele, a situação no presente mês não está tão crítica. No entanto, o cenário para julho preocupa. “O mês sete realmente é preocupante, porque nós vamos iniciar o mês sem nenhum recurso, e as contas até o momento indicam que nós não vamos conseguir fechar o pagamento de todos os compromissos”, disse Zema.

Os salários de servidores da segurança, da saúde, o daqueles que recebem até R$ 2.000, e a primeira parcela, nesse mesmo valor, para quem ganha mais do que isso, estão sendo pagos nesta segunda-feira (15). Ainda não há data para o pagamento do restante do salário neste último caso.

Juiz discorda da transferência de Adélio para Minas

O juiz do caso Adélio Bispo, homem que esfaqueou o hoje presidente Jair Bolsonaro, discordou da decisão que autorizou a transferência do autor do crime da Penitenciária Federal de Campo Grande (MS) para uma unidade em Minas Gerais. O magistrado pediu que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) se posicione. Em despacho sexta-feira (12), o juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), apontou a ausência de vagas na unidade indicada para receber Adélio, o Hospital Psiquiátrico de Custódia “Jorge Vaz”, que fica em Barbacena (MG) – a 586 km de Montes Claros (MG), onde moram seus familiares.

Há um mês o Hospital de Campanha de MG está fechado

O Hospital de Campanha, em Belo Horizonte, anunciado pelo governador de Minas Gerais Romeu Zema como aliado na ampliação do atendimento a pacientes com quadro leve de Covid-19, ainda está de portas fechadas. A estrutura, montada segundo o governo em tempo recorde, está pronta desde final de abril. A Secretaria de Estado de Saúde disse que ainda não foi necessário ativar a estrutura, mas algumas regiões mineiras já estão enfrentando esgotamento de leitos.

O secretário de Saúde de BH, Jackson Machado disse, em entrevista coletiva na prefeitura, que teme que a falta de leitos no interior acabe pressionando a estrutura de saúde da capital.

Aprovação da Lei Kandir pode repassar mais de R$ 8 bilhões para MG

O acordo de compensação das perdas pela Lei Kandir entre Estados e a União, fechado no fim do mês passado no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF), começou a tramitar no Senado e deve ser votado esta semana. A expectativa é que o texto seja aprovado sem maiores dificuldades e siga para a Câmara dos Deputados. O acordo prevê o repasse de R$ 65,6 bilhões aos Estados até 2037.

Desse valor, Minas Gerais receberá R$ 8,7 bilhões. Apesar da medida ter sido homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), os termos têm que ser aprovados pelo Congresso.

ALÉM PARAÍBA E MICRORREGIÃO

Prefeitura de Sapucaia flexibiliza funcionamento de templos religiosos

A Prefeitura Municipal de Sapucaia publicou Decreto em que flexibiliza o funcionamento de templos religiosos no município. Eles estão autorizados a funcionar com apenas 30% da capacidade; o fiéis deverão obedecer 2 metros de distância entre um e outro; os encontros religiosos deverão durar no máximo uma hora; todos devem estar usando máscaras; álcool em gel deverá estar disponível

Para uso de todos; está proibida a participação de idosos e participação de pessoas do grupo de risco; ficam suspensas as atividades com crianças de até 12 anos; cantinas não poderão funcionar nos locais; portas e janelas devem ser mantidas abertas durante o funcionamento das atividades para contribuir com a renovação do ar no local.

Dr. Rafael Gracioli voltou na ser destaque no Programa Roda Viva

O médico pneumologista Dr. Rafael Gracioli, voltou a participar com destaque no último sábado do Programa Roda Viva, aqui na Rádio CPN, dando uma série de explicações a respeito do coronavirus.

Através do telefone ou mensagens pelo Whatsapp, inúmeros ouvintes fizeram perguntas diversas ou simplesmente parabenizaram o médico pelo trabalho que ele vem realizando no Hospital São Salvador e, especialmente, no que diz respeito aos pacientes vítimas da covid-19, com mais de 50 deles já tendo sido curados.

Explicando detalhadamente todos os questionamentos e agradecendo as mensagens de carinho recebidas, o Dr. Rafael Gracioli se colocou à disposição da emissora para outras futuras participações na programação da Rádio CPN.

Volta Grande registra primeiro caso positivo de coronavírus

Desde o dia 25 de fevereiro, quando o Brasil registrou o seu primeiro caso de coronavírus, até o último dia 12 de junho, a vizinha cidade de Volta Grande não registrou nenhum caso no município.

Infelizmente, no último sábado (13), de acordo com Boletim Epidemiológico, foi confirmado o primeiro caso de coronavírus em Volta Grande. De acordo com o referido Boletim, já foram realizadas 29 notificações, o que incluí todos os casos suspeitos. Um caso está em investigação, dois

foram descartados, e até o momento não foi registrados nenhum óbito e também não existe nenhum outro em investigação.

O prefeito de Volta Grande, Jorge Luiz Gomes da Costa “Seu Jorge”, confirmou o caso e fez um apelo a população do município.

Além Paraíba registrou a terceira morte por coronavírus

Além Paraiba registrou ontem (domingo / 14), a terceira morte por covid-19. Desta vez a vítima foi Maria Lúcia Marques Loureiro, 70 anos, que residia na

Rua Adãozinho, na subida para Vila Caxias. Ela estava internada já há alguns dias no Hospital Salvador, onde faleceu.

A primeira vítima fatal da covid-19 em Além Paraiba foi Reinaldo Marendino, o Naldo, no dia 21 de maio. Cinco dias depois, também de coronavirus, faleceu o mototaxistas Arli dos Santos Vitória, que residia no Sítio Branco.

Sapucaia registra mais uma morte por Covid-19

Embora ainda não conste do último Boletim Oficial, Sapucaia registrou ontem (14) a 12ª morte por coronavirus. A vítima é um homem, de 72 anos, que residia no Distrito de Anta.

Ele não tinha nenhum tipo de comorbidade e faleceu por volta das 18 horas, no Hospital São Salvador.