Prefeito de Carmo (RJ) vai até o Governo do estado de Rio em busca de solução para enfrentar dívida milionária que encontrou

Desde que tomou posse no Poder Executivo da cidade de Carmo, na região Serrana do Estado Rio de Janeiro, o prefeito Sergio Soares e sua equipe administrativa vem realizando levantamentos em todos os setores e secretarias da municipalidade. No entanto, as desagradáveis surpresas estão vindo a tona, tanto que, na semana passada, acabou decretando o município carmense em CALAMIDADE PÚBLICA FINANCEIRA, expondo em rede social, a real situação.

“Com um déficit financeiro aproximado de R$ 44.552,776,93 e com sua situação desabilitada no CAUC, o prefeito Sérgio Soares de Carmo decreta estado de Calamidade Pública Financeira em seu Município por 180 dias. A atitude vem para, além de dar transparência e informação ao povo Carmense da verdadeira situação em que se encontra a  Prefeitura, visa equilibrar a parte fiscal e financeira”, foi o teor do decreto.

Ontem (08), Sérgio Soares e sua equipe (vice-prefeito Samuel do Romão e o secretário municipal de Segurança Ney Pisno) esteve em reunião com o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, deputado estadual André Ceciliano, e o deputado estadual Chico Machado, ocasião em que trataram de assuntos extremamente relevantes de interesse do município de Carmo.

Ainda ontem, a pedido da Comitiva da Cidade de Carmo, tendo como um dos integrantes o prefeito Sérgio Soares, que dirigiu e justificou as necessidades e prioridades, foi obtido junto ao governador Cláudio Castro, o COMPROMISSO DE ASFALTAMENTO da RJ-144 (estrada que liga Carmo-RJ / Além Paraíba-MG). Na ocasião, foram tratados também assuntos relacionados ao desenvolvimento Agro Rural do município e novos investimentos da empresa Sumicity no município de Carmo.

Com a monstruosa dívida herdada, a atual administração autorizou uma auditoria para levantar de forma minuciosa a real situação financeira e tributária do município do Carmo-RJ.

Fonte: Prefeitura de Carmo e Blog de Adenilson Mendes.