Rede de Notícias

Profissionais mantém paralisação

Profissionais da educação da rede municipal de Uberlândia deliberaram, em assembleia realizada na noite desta segunda-feira, 8, manter a paralisação iniciada na segunda, dia em que ocorreu a retomada das aulas presenciais no município. Segundo o líder do movimento, Ronaldo Amélio Ferreira, professor e membro do Comitê de Luta da Rede Municipal, a decisão foi tomada por unanimidade. A categoria reivindica ser vacinada contra o coronavírus para voltar presencialmente às escolas com segurança. Ainda de acordo com Ronaldo Ferreira, a categoria também formou uma comissão negociadora. (Diário de Uberlândia)

Centro de Memória em Ipatinga

Ipatinga deve ganhar, ainda neste ano, o Centro de Memória Usiminas, um local que vai abrigar, em caráter permanente, obras e objetos que contam a história da indústria do aço e da própria companhia, além do acervo de obras de arte reunido pela empresa ao longo de quase seis décadas de operação. A expectativa é que o Centro seja aberto à visitação pública no próximo mês de outubro, marcando os 59 anos de operação da companhia. (Folha do Comércio – Ipatinga)

Pico do Gavião terá evento

O Pico do Gavião foi confirmado como sede do Campeonato Mundial de Parapente 2023 (18th FAI World Paragliding Championship). Os melhores pilotos do mundo estarão em Andradas entre 4 e 16 de setembro de 2023 para as disputas. A informação foi confirmada pela FAI-Civl, instituição responsável pela modalidade a nível internacional. O presidente, da FAI-Civl, Stephane Malbos, destacou que a tradição do país em sediar grandes competições, o carinho que pilotos têm pelo Brasil, bem como a estrutura do Pico do Gavião (que recebeu o PWC em 2019) foram fundamentais na escolha. (Portal da Cidade – Andradas)

Itabirito na onda amarela

O Comitê Extraordinário Covid-19 aprovou o avanço da macrorregião Centro, na qual Itabirito está localizada, para a onda amarela do Plano Minas Consciente. A decisão, oficializada pela Prefeitura de Itabirito por meio do decreto municipal nº 13.686/2021, vale a partir deste sábado, dia 6 de fevereiro. Com o avanço para a onda amarela, a distância mínima exigida nas filas volta a ser de 1,5 metro. Hotéis terão limite de ocupação de 75% em Itabirito. (Jornal O Liberal – Itabirito)

Cirurgias eletivas suspensas

As cirurgias eletivas estão suspensas no Hospital São Carlos de Lagoa da Prata até o dia 17 de fevereiro. Em ofícios publicados no mês de janeiro e, recentemente, no dia 2 de fevereiro, a Fundação São Carlos, mantedora do Hospital São Carlos (HSC) de Lagoa da Prata, informou que a decisão foi tomada de acordo com a avaliação do Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes-Minas-Covid-19) da Secretaria da Saúde, e outros fatores como os indicadores da covid-19 na Macrorregião Oeste. (Jornal Cidade MG – Lagoa da Prata)

Mostra recebe mais de 550 mil acessos no site

Ainda que tenha sido realizada pela primeira vez em uma versão remota, a 24ª edição da Mostra de Cinema de Tiradentes, o evento contou com mais de 550 mil acessos no site e mais de 2 milhões nas redes sociais em mais de 92 países. No total, mais de 100 empresas que atuaram na prestação de serviço para o evento, estimando que foram gerados mais de 500 empregos diretos e indiretos. Na pré-produção e produção, foram 49 profissionais integrando a equipes de trabalho. (Folha de Barbacena)

Falsa mensagem de vacinação

A administração municipal de Divinópolis emitiu um alerta, nesta segunda-feira, 8, sobre um possível golpe em que três pessoas estariam visitando casas, falando que seriam da Prefeitura e estariam no local para fazer a vacinação contra a Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) esclareceu que, neste momento, não há visitação em residências para realizar a imunização da população. A pasta ressalta que todas as informações oficiais sobre a vacinação são divulgadas no site e nas redes sociais da Prefeitura. (Nova Imprensa – Formiga)

Frutas nativas pesquisadas

Pesquisadores de duas universidades federais do Sul de Minas têm realizado estudos com frutas nativas da região para provar seu valor nutricional e desenvolver alimentos funcionais. As pesquisas estão sendo realizadas pelas Universidade Federal de Lavras e de Alfenas com as frutas: araçá, buriti, cajá, cagaita, guariroba, mangaba, marolo e pequi. Em Lavras, pesquisadores da Ufla estão desenvolvendo projetos com as frutas que ainda são pouco conhecidas pela população. (Jornal Andradas Hoje)