Rede de Notícias

Projeto indicado para Nobel

A plataforma de conhecimento e relacionamento Walking Together que, desde 2018, já teve seis edições em Poços de Caldas, está entre os indicados para concorrer à edição 2021 do Prêmio Nobel da Paz, que acontece em Oslo, na Noruega e é um dos mais prestigiados do mundo. O movimento, que começou em 2010 na cidade paulista de Catanduva, a princípio queria reunir um grupo de amigos e “amigos dos amigos” para criar uma rede de pessoas do bem para discutir sobre criatividade, inovação e trocar conhecimento. Várias cidades passaram a integrar e replicar o modelo e muito rapidamente percebemos a força desta união. (Jornal Mantiqueira – Poços de Caldas)

JF recebe mudas

O sítio da Lagoa JF, localizado no Bairro Barreira do Triunfo, na Zona Norte de Juiz de Fora, já recebeu mudas de plantas, integrando o projeto Conexão Mata Atlântica. A iniciativa é um trabalho coordenado por servidores do Instituto Estadual de Florestas (IEF), que prestam acompanhamento técnico ao projeto. Ao longo desta semana, na propriedade, localizada na Estrada Elias José Mockdeci, uma empresa contratada pelo Conexão Mata Atlântica por meio de licitação realizou o plantio de mudas de citros, como laranja e limão. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Ouro Preto desativa Banco de Leite

Apesar de campanha e postagens com relatos via redes sociais e abaixo assinado, com a mobilização de fundadoras, mães e profissionais, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia informou sobre a inatividade do Banco de Leite Rotary da Amizade. No dia 18 de fevereiro, acontecerá reunião na intenção de se encontrar uma solução. O abaixo assinado virtual de nome Salve o Banco de Leite Humano Rotary da Amizade – Santa Casa de Misericórdia/Ouro Preto pela manutenção do Banco de Leite Rotary da Amizade conta com quase 800 assinaturas. (Jornal Voz Ativa – Ouro Preto)

Governador Valadares  tem lista de escolas

A Prefeitura de Governador Valadares publicou portaria que traz a relação das instituições de ensino que tiveram o plano de retomada de atividades presenciais aprovado pela Comissão Interna de Saúde e Educação. As instituições que tiveram o plano aprovado poderão retomar as atividades presenciais imediatamente. O Decreto que autoriza o retorno às aulas presenciais, traz, dentre outras orientações, a informação de que o plano deverá conter, de forma detalhada, todas as medidas sanitárias implantadas e aplicáveis na instituição de ensino. (Diário do Rio Doce – Governador Valadares)

Dengue em Lagoa da Prata

Os casos prováveis de dengue aumentaram na região Centro-oeste Mineira, conforme informado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES/MG). Houve 444 casos prováveis de dengue até esta quarta-feira, 10, 1331 casos a maior que no boletim anterior. Pará de Minas, Divinópolis e Lagoa da Prata estão entre as cidades mais afetadas. Entre as cidades da região como Formiga, Arcos, Santo Antônio do Monte, Bom Despacho, Lagoa segue sendo a que possui mais casos prováveis, seguida por Formiga com 37 casos e Santo Antônio do Monte com 20 casos. Segundo o boletim, Pará de Minas tem 92 casos prováveis de dengue. (Jornal Cidade MG – Lagoa da Prata)

Relatório tem danos por chuvas

O relatório produzido pela Defesa Civil de Muriaé ao Governo de Minas Gerais, a respeito dos prejuízos gerados pelos temporais dos primeiros dias do ano, foi homologado pelo Governo Federal na última semana. O documento já havia sido registrado também pelo estado anteriormente, e a definição da situação foi informada ao prefeito José Braz, em reunião no Centro Administrativo. Isso significa que o município teve sua situação de emergência reconhecida e ficou devidamente habilitado para ter acesso a recursos para reconstrução de estruturas danificadas. (Gazeta de Muriaé)

Pesquisadores testam medicamento

Pesquisadores da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade de Araraquara (Uniara) estão testando um medicamento utilizado no tratamento de Alzheimer, o hidrocloreto de memantina, para combater o Chikungunya. Até o momento, não existe vacina ou tratamento eficaz para combater esse vírus causador da febre Chikungunya. Os estudos ainda estão em progresso, mas os resultados já obtidos nos testes in vitro – primeiro passo capaz de apontar a eventual atividade de um composto – animaram os cientistas. (Diário de Uberlândia)

Tiradentes realiza Circuito

Em diversas cidades do Brasil o Carnaval foi cancelado como uma medida de evitar aglomerações no período da pandemia da covid-19. Como uma alternativa para atrair turistas no feriado, em Tiradentes será realizado um circuito gastronômico, em que 34 restaurantes criarão pratos inspirados nos blocos que desfilam tradicionalmente pela cidade. O município se encontra na Onda Vermelha do Programa Minas Consciente, porém em sua nova fase o funcionamento de serviços não essenciais como restaurantes, hotéis, comércio, atrativos culturais, atividades esportivas e eventos, está sendo permitido. (Folha de Barbacena)

Teatro em formato digital

Com espetáculos de grupos de Sete lagoas, a 7º Temporada de Teatro aconteceu do dia 25 ao dia 30 de dezembro de 2020, com transmissão ao vivo pelo YouTube da Preqaria Cia de Teatro. A primeira edição da 7º Temporada foi executada através da Lei Aldir Blanc do Município de Sete Lagoas. A segunda edição conta com recursos da mesma Lei, porém aprovados em editais estaduais. A programação conta com grupos de Sete Lagoas, Belo Horizonte e de São João Del Rei. As apresentações serão ao vivo, do dia 09/02 ao dia 04/03, todas as terças e quintas às 20h, no canal do YouTube da Preqaria (youtube/preqariaciadeteatro). (Jornal Sete Dias – Sete Lagoas)

Escolas com ensino híbrido

As escolas particulares de Poços de Caldas devem adotar o ensino híbrido em março. Segundo o prefeito Sérgio Azevedo, as conversas estão bem definidas, mas a volta presencial dos alunos vai depender da situação pandêmica da cidade no período. As escolas públicas seguem em ensino remoto. “Deixamos claro a situação para as escolas particulares, pretendemos que aconteça a volta, mas depende muito da situação na cidade”, disse Azevedo. Ele destacou o sobe e desce nos números, sendo que esta semana teve um grande aumento na ocupação de leitos de UTI-covid da cidade. (Jornal Mantiqueira – Poços de Caldas)

Estado repassa terreno e imóvel

O prédio e o terreno das Escolas Municipais Arnaldo Dias de Andrade Filho e Doutor Juarez de Souza Carmo pertencem legalmente, a partir de agora, ao município de Cajuri. O repasse foi oficializado por intermédio de emenda do deputado estadual Roberto Andrade. Os prédios eram de propriedade do Estado mas, há pelo menos 20 anos, funcionavam como escolas municipais. Dessa forma, segundo a Prefeitura de Cajuri, não era possível receber verbas estaduais ou federais, com emendas parlamentares, para realizar melhorias estruturais, uma vez que a escritura do imóvel não pertencia ao município. (Folha da Mata – Viçosa)

Índice de reprovação é de 44%

Menos da metade das pessoas que tentam tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na região de Passos não conseguem passar no exame. De acordo com o Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), no ano passado, a aprovação em 18 municípios da região foi de 44%. Em 2019, o índice ficou em 43,2%. Segundo o Detran, 5,6 mil das 13,2 mil pessoas que realizaram o exame em 2019 conseguiram a CNH. Em 2020, foram 5,5 mil aprovações em 12,7 testes realizados. (Folha da Manhã – Passos)

Montes Claros também apura fura fila

A Secretaria Municipal de Saúde publicou Portaria onde cria uma Comissão para apurar possíveis violações das prioridades na vacinação contra a Covid-19 em Montes Claros e o assunto está gerando polêmica nas redes sociais, pois os adversários do prefeito Humberto Souto alegam que ele não poderia ter sido vacinado naquela época, quando a prioridade era os funcionários da área de saúde que estavam na linha de frente e os internos nos asilos. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

Casos de dengue continuam a subir

Uberaba está com 506 casos prováveis (casos notificados exceto os descartados) de dengue,7 de chikungunya e 4 de zika, contabilizados de 2 de janeiro a 8 de fevereiro. As informações são do Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika, divulgado no dia 10, mas com dados do dia 8 de fevereiro. No boletim anterior Uberaba estava com 354 casos prováveis, o que demonstra que em seis dias foram registrados 152 novos casos prováveis, ou cerda de 26 casos por dia. O município não registrou óbito por dengue, chikungunya ou zika este ano. (Jornal de Uberaba)