Minas planeja ampliar vacinação para idosos com 75 anos ou mais

Estado recebeu mais de 300 mil unidades da Coronavac na terça-feira e deve iniciar distribuição para regionais nesta quinta-feira (11).

O Governo de Minas recebeu, na noite de terça-feira (9), uma nova remessa com 303,6 mil doses da vacina Coronavac. A expectativa da Secretaria de Estado de Saúde é que o novo lote do imunizante produzido pela chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, amplie o escopo de vacinação no estado para idosos com idades entre 75 e 79 anos. A remessa deve começar a ser distribuída para as Superintendências Regionais de Saúde (SRSs) a partir desta quinta-feira (11), mas, até o momento, ainda não foi informado o quantitativo que cada unidade vai receber.

Em comunicado, a SES informou que, do total de doses recebidas, 57.151 serão destinadas para atender 13% do grupo composto de idosos entre 75 e 79 anos; outras 80.693 vão cobrir 30% dos idosos de 80 a 84 anos; e, por fim, 6.695 vão atender a 1,5% dos trabalhadores de saúde. A pasta estadual também destacou a importância de seguir o Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, aplicando as doses de acordo com o público-alvo e a quantidade de doses a ele destinada, para evitar desabastecimento de vacinas.

Sétima remessa

A carga recebida na terça foi a sétima enviada pelo Ministério da Saúde ao Governo de Minas, em distribuição que ocorre a conta-gotas. As três primeiras remessas chegaram ainda em janeiro, com pouco mais de 800 mil unidades distribuídas: 577.480 doses da Coronavac recebida no dia 18 daquele mês; 190.500 da vacina de Oxford/AstraZeneca recebida no dia 24; e 87.600 da Coronavac distribuídas no dia 25.

Em fevereiro, foram duas cargas: 315.600 doses da Coronavac no dia 7; e 357.400 unidades dos dois imunizantes no dia 23. Por fim, em março, já foram duas remessas recebidas em dez dias, ambas contendo apenas a vacina Coronavac: 285.200 doses no dia 3 e, agora, as 303.600 unidades recebidas na terça.

Fonte: Tribuna de Minas