Além Paraíba entra na onda roxa e terá toque de recolher a partir de sábado

Decisão realizada na noite desta quinta definiu que três microrregiões vão regredir à fase mais restritiva do programa estadual

Após reunião realizada com prefeitos de municípios da região de Juiz de Fora na noite desta quinta-feira (11), a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais definiu que as cidades vão regredir para a onda roxa dos protocolos estaduais de enfrentamento à pandemia da Covid-19, regramento estabelecido pelo programa Minas Consciente.

A decisão foi confirmada à Tribuna pela Superintendência Regional de Saúde de Juiz de Fora e valerá a partir deste sábado (13) para três microrregiões da Macrorregião de Saúde sudeste: Juiz de Fora/Lima Duarte/São João Nepomuceno, Bicas/Santos Dumont e Cataguases/Leopoldina/Além Paraíba (confira a lista abaixo).

Juiz de Fora também terá que aderir

A criação da onda roxa do Minas Consciente estabelece regras mais rígidas para a circulação de pessoas e o funcionamento de atividades econômicas e não é opcional, mas compulsória para todos os municípios da região classificada nesta segmentação.

Assim, as prerrogativas também valerão para Juiz de Fora, que está fora do Minas Consciente desde a última semana de janeiro. A cidade, no entanto, já vive regras rígidas de fechamento e está na faixa roxa do programa Juiz de Fora pela Vida, que permite apenas o funcionamento de atividades essenciais.

Na última semana, as macrorregiões do Triângulo Norte, cuja cidade referência é Uberlândia, e do Noroeste do Estado, onde fica Patos de Minas, foram classificadas na onda roxa do Minas Consciente. No sábado (6), as medidas mais restritivas também foram estendidas ao Triângulo Sul e à Macrorregião Norte.

Entre as medidas impostas pela onda roxa do plano Minas Consciente está o toque de recolher das 20h às 5h durante os dias de semana e também aos sábados e domingos. Nesta faixa, só será permitido o funcionamento de serviços essenciais e a circulação de pessoas fica limitada aos funcionários e usuários desses estabelecimentos. “O deslocamento para qualquer outra razão deverá ser justificado e a fiscalização será feita com o apoio da Polícia Militar”, diz o Estado.

Restrições devem durar por duas semanas

Em nota encaminhada à reportagem, a Superintendência Regional de Saúde confirmou a realização da Reunião Deliberativa dos Gestores e Prefeitos, em colegiado bipartite, que envolve o Estado e os municípios, das áreas de adscrições da Gerência Regional de Leopoldina e SRS de Juiz de Fora.

O encontro contou com a participação do ex-secretário Estadual de Saúde Carlos Eduardo Amaral; do secretário Adjunto de Saúde Marcelo Cabral; do subsecretário de Gestão Regional Darlan Venâncio; do superintendente da SRS de Juiz de Fora, Gilson Soares Lopes; do gerente da regional de Leopoldina, Renan Oliveira; além de prefeitos da região.

“Foi apresentado aos participantes o quadro epidemiológico assistencial crítico dos municípios e se constatou a necessidade de regressão da onda”, afirma a nota. Assim, foi indicada a regressão para onda roxa por 15 dias, “com toque de recolher e restrições definidas nos protocolos do programa Minas Consciente, que permite somente o funcionamento dos serviços essenciais”. “Após esse período, haverá uma nova reunião para avaliar os quadros epidemiológico e assistencial”, afirma a SRS.

Onda roxa

Nessa fase – que, a princípio, tem duração de 15 dias – só é permitido o funcionamento de serviços essenciais e a circulação de pessoas fica limitada aos funcionários e usuários desses estabelecimentos. O deslocamento por qualquer outra razão deverá ser justificado e a fiscalização será feita com o apoio dos municípios e da Polícia Militar.

São considerados serviços essenciais:

  • Setor de alimentos (excluídos bares e restaurantes, que só podem via delivery);
  • Serviços de Saúde (atendimento, indústrias, veterinárias etc.);
  • Bancos;
  • Transporte Público (deslocamento para atividades essenciais);
  • Energia, Gás, Petróleo, Combustíveis e derivados;
  • Manutenção de equipamentos e veículos;
  • Construção civil;
  • Indústrias (apenas da cadeia de Atividades Essenciais);
  • Lavanderias;
  • Serviços de TI, dados, imprensa e comunicação;
  • Serviços de interesse público (água, esgoto, funerário, correios etc.)

Cidades da região na onda roxa do Minas Consciente:

JUIZ DE FORA / LIMA DUARTE / BOM JARDIM DE MINAS

Andrelândia
Arantina
Belmiro Braga
Bias Fortes
Bocaina de Minas
Bom Jardim de Minas
Chácara
Chiador
Coronel Pacheco
Ewbank da Câmara
Goiana
Juiz de Fora
Liberdade
Lima Duarte
Matias Barbosa
Olaria
Passa-Vinte
Pedro Teixeira
Piau
Rio Novo
Rio Preto
Santa Bárbara do Monte Verde
Santa Rita de Jacutinga
Santana do Deserto
Simão Pereira

SÃO JOÃO NEPOMUCENO / BICAS

Bicas
Descoberto
Guarará
Mar de Espanha
Maripá de Minas
Pequeri
Rochedo de Minas
São João Nepomuceno
Senador Cortes

LEOPOLDINA / CATAGUASES

Além Paraíba
Argirita
Astolfo Dutra
Cataguases
Dona Eusébia
Itamarati de Minas
Laranjal
Leopoldina
Palma
Recreio
Santana de Cataguases

Fonte: Tribuna de Minas e Agencia de Minas