Manifestantes fazem carreata pró-Bolsonaro e atacam as decisões do STF em BH

Segundo a PM, mais de 3 mil veículos participaram do ato realizado na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Manifestantes fazem ato pró-Bolsonaro em BH. (Foto: Reprodução)

Vestidos de verde e amarelo, com bandeiras do Brasil e mensagens de apoio nos veículos que ecoam o Hino Nacional, manifestantes favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), se reuniram na manhã de ontem (domingo / 14), em carreata no bairro Mangabeiras, região Centro-Sul de BH.

O manifesto, que segundo participantes foi formado pelas redes sociais, contou com mais de 3 mil veículos, segundo estimativa prévia da Polícia Militar, que realizou escolta ao evento.

O grupo criticou agentes públicos e políticos como ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD). Eles também exaltaram figuras como Bolsonaro e aliados.

A empresária, Bernadette Noccihi, de 59 anos, disse que saiu de casa para reforçar o apoio ao presidente e frear o oportunismo dos políticos que querem fechar o Brasil.”Confio no Bolsonaro e nas medidas que ele adota. Essa carreata gigantesca mostra que Minas e o Brasil estão com ele. Não terá pra ninguém, será Bolsonaro hoje e em 2022,” frisou.

Na praça da Liberdade, manifestantes, muitos sem máscara, se aglomeram gritando palavras de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Eles, inclusive, prometiam romper as barreiras às margens da praça da Liberdade, colocadas pela Prefeitura Municipal de BH, em decreto mais restritivo que começou a valer a partir de hoje (segunda-feira / 15), como medida sanitária para conter o aumento da Covid-19 na capital.

Sobre o assunto, a PM que auxiliou o movimento disse que não podia retirar as grades por ser uma medida de caráter municipal e tinha como função preservar a ordem durante o evento  incluindo o cumprimento das medidas sanitárias.

Fonte: O Tempo