Condenado por participar de assassinato em Angustura em dezembro de 2016 é preso por descumprir ordem de prisão domiciliar

Policiais militares de Santo Antônio do Aventureiro, Sgt PM Mendes e Cab PM Campos, durante patrulhamento na estrada que liga Angustura a Fernando Lobo, se depararem com uma motocicleta ocupada por dois indivíduos fazendo uma abordagem. Com a aproximação, o que estava na garupa da moto, demonstrando nervosismo, acabou saindo correndo em direção a um matagal, sendo perseguido, e após intenso rastreamento acabou detido.

Condenado por participar do assassinato de Adalton Lamin Ferreira, ocorrido em 26 de dezembro de 2016, “Chicote” foi preso por descumprir ordem de prisão domiciliar e levado para o Presídio de Além Paraíba por ordem do juiz Leonardo Curty Bertgamini. (Foto: arquivo Jornal Além, Parahyba).

Ao consultar os dados no Sistema Informatizado de Segurança, os policiais constataram que o abordado, Luiz Paulo Ferreira, conhecido por Chicote, 25 anos, era condenado por ter participado na morte do Adalton Lamin Ferreira, crime ocorrido em 26 de dezembro de 2016 no distrito alemparaibano de Angustura, e estava descumprindo ordem judicial de prisão domiciliar na localidade e não poderia deixar a residência até 31 de maio próximo. Alegando que estava na garupa da motocicleta em deslocamento até uma propriedade rural onde vacinaria gado, Luiz Paulo foi levado até a sede da 52ª Companhia de Polícia Militar de Além Paraíba onde, após os procedimentos de praxe, por determinação do juiz Leonardo Curty Bergamini foi entregue ao Presídio de Além Paraíba.

Fonte e fotos: Blog Adenilson Mendes e arquivo Jornal Além Parahyba