Faleceu Wilson de Souza, o taxista também conhecido por Wilson “Gordo”

Wilson de Souza, uma referência como taxista em Além Paraíba. (Foto: Edna Costa Silveira)

Um dos mais antigos taxistas de Além Paraíba, onde atuou por cerca de 60 anos tendo encerrado sua carreira há cerca de três anos atrás, faleceu na semana passada (18), o estimado Wilson de Souza, carinhosamente tratado por vários dos incontáveis amigos por Wilson “Gordo”. Seu táxi fazia ponto na Praça Presidente Vargas, em Porto Novo, onde vivia cercado de amigos, sempre com um largo sorriso no rosto narrando causos dos bons tempos de Além Paraíba, em especial dos anos das décadas em que a boa terra cortada pelo Paraíba do Sul era uma grande referência por toda região.

Wilson estava com 92 anos, comemorados no dia 26 de fevereiro último, na residência onde morava junto de sua irmã, a professora Suely de Souza, junto de alguns amigos e familiares. Era filho de Athayde Henrique de Souza e Maria Ferreira de Souza, e irmão de Atahyde, Gessy (já falecidos), Sonia, Nadir e Suely.

Wilson cercado de alguns amigos e familiares comemorando o seu 92º aniversário, ocorrido dia 26 de fevereiro (Foto: Edna Costa Silveira)

Torcedor do Fluminense, Wilson foi caminhoneiro, dono de açougue, vendedor de automóveis na extinta Safil/Jamauto, e sempre pautou pela honestidade e trabalho. A alegria erai uma constante na vida de Wilson, sempre cercado de amigos de longa data, inventando comemorações diversas no sentido de arranjar uma boa desculpa para bebericar cervejas, sorver uma pinga da boa, e “devorar” quitutes diversos, como os preparados pelo saudoso amigo Fuhad Fadel Sahione, um expert da culinária árabe. “Meu tio viveu bem a vida. Soube aproveitar, passeou muito, e sempre deu grande carinho a todos nós, membros de sua família. Partiu e nos deixa uma saudade imensa”, salientou seu sobrinho e afilhado José Marcello Damasceno de Souza, da Damasceno Sat.

O corpo de Wilson de Souza foi cremado, um desejo seu que foi atendido pelos familiares, a quem registramos o profundo pesar da direção e colaboradores do Jornal Além Parahyba. “Adeus, caro amigo Wilson Gordo! Você estará para sempre em minha lembrança”, salienta Flávio Senra, diretor deste site/jornal…