Instituto de Laticínios Cândido Tostes é autorizado a oferecer cursos superiores

Curso de Tecnologia em Laticínio será oferecido pelo ILCT; O credenciamento para a oferta desse curso é pleiteado desde 2019.

O Conselho Estadual de Educação autorizou a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) a oferecer cursos superiores no Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), em Juiz de Fora, e no Instituto Técnico de Agropecuária e Cooperativismo (Itac), em Pitangui.

As propostas para os cursos de Tecnologia em Laticínio, que será oferecido pelo ICLT, e o de Tecnologia em Agropecuária de Precisão, a ser disponibilizado pela Epamig Itac, estão em desenvolvimento por uma comissão pedagógica multidisciplinar e devem ser submetidas à apreciação da Secretaria de Estado de Educação. O credenciamento para a oferta desses cursos é pleiteado desde 2019 e, agora em julho, recebeu aprovação do Estado.

A expectativa é a de que, com os novos cursos, o Cândido Tostes, que é considerado uma instituição de excelência, evolua ainda mais. Já o Curso de Agropecuária de Precisão é inédito no Brasil e também se ajusta às necessidades do setor, segundo a Epamig.

Estão em estudo as providências necessárias para a implementação dos novos cursos. Entre elas, a possibilidade de fazer a migração dos alunos do curso técnico (ao qual é atribuído nível pós-médio) para o novo curso, se for do interesse dos discentes.

Conforme o Estado, o curso técnico continuará sendo disponibilizado. A contratação de professores e de outros profissionais qualificados para ministrar as novas disciplinas, bem como os profissionais de apoio que lidam com limpeza, atividades de laboratório e de manutenção, também é estudada.

No Itac, em que o ensino médio e o curso técnico são concomitantes, há adequações sendo incorporadas ao processo pedagógico.

Fonte: Tribuna de Minas