“Ói, oi o trem” – Reforma de ferrovia é aprovada e Trem Rio-Minas poderá começar a receber turistas em breve

A reforma do trecho entre Três Rio e Sapucaia é a única coisa que falta para o trem turístico começar a funcionar. O pedido de reforma foi aprovado pela ANTT e publicado no Diário Oficial da União.

Foto SFn Notícias

Uma notícia excelente para você que sente saudades do tempo em que andava de trem ou para você que quer viver essa experiência! Agora, falta muito pouco para que possamos viver grandes momentos sobre os trilhos. O trem Rio-Minas, aguardado por muitos, finalmente vão poder receber turistas e deixar a estação para percorrer oito cidades dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais. O único empecilho é a reforma de um trecho da ferrovia por onde as duas locomotivas e 15 vagões irão passar. Mas, isso já tem prazo para acontecer. O pedido de reforma do trecho entre Três Rios e Sapucaia, no estado do Rio, apresentado pela concessionária FCA/VLI, foi aprovado pela ANTT e publicado no Diário Oficial da União (Deliberação nº 248, de 21 de julho de 2021). O prazo de conclusão da obra é de 18 meses, mas a expectativa é de que o projeto já possa começar a funcionar no próximo ano.

O projeto foi idealizado pelo Paulo Henrique do Nascimento, que desde 2015, junto a ONG Amigos do Trem, fundada por ele, articulava a viabilização do trem turístico, após a desativação da linha que realizava o transporte de bauxita, mas Paulo morreu em novembro de 2018, em decorrência de um câncer. A Cyntia Nascimento, sobrinha dele, deu prosseguimento ao sonho do tio e de milhares de pessoas que querem retornar aos trilhos e reviver o passado.

“Foram anos de espera e hoje, depois de muita luta, fé e determinação, podemos comemorar. Agradecemos a todos que nos apoiaram até o momento, em especial a Paulo Henrique do Nascimento, que foi o fundador da ONGT Amigos do Trem e o grande idealizador do projeto”, disse Cyntia, que também agradeceu aos empresários que apóiam o projeto, as prefeituras das cidades envolvidas, a concessionária Ferrovia Centro-Atlântica, o Ministério Público Federa\l de Minas Gerais, a VALE, ANTT, o DNIT e os membros voluntários da ONG Amigos do Trem e das regionais.

O Trem Rio-Minas vai percorrer oito cidades. O trem terá capacidade para transportar 873 turistas por viagem. As viagens devem ser realizadas aos finais de semana. O preço e horários ainda não foram definidos. Antes mesmo de começar a funcionar o projeto já teve uma grande aceitação do poder público e de toda a sociedade. Comerciantes das cidades por onde o trem irá passar vão ter a chance de aumentar as vendas. É o turismo ganhando força, e a história da ferrovia sendo preservada. No ano passado, quando o trem fez um deslocamento por algumas das cidades, atraiu os olhares de centenas de pessoas e reacendeu a esperança do passado voltar ao presente; do trem voltar a ser usado pela população.

Fonte: NFn Notícias – 02/08/2021 / https://www.instagran.com/tv/CSFDufYgD7B/?utm_source=ig_web_copy_link