Número de pacientes de Covid-19 internados no HSS mostra queda entre os meses de junho e julho

Andréa Canedo, 19 dias na UTI sendo 15 entubada, junto com parte da equipe do HSS, recebeu alta no último sábado, 31 de julho.  (Foto: HSS, com autorização)

A queda de novos casos confirmados da Covid-19 entre os meses de junho (221 casos) e julho (150 casos), refletiu acentuadamente no número de pacientes infectados pelo coronavírus que buscaram ajuda no Hospital São Salvador.

A afirmativa tem por base os Boletins Epidemiológicos emitidos diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde de Além Paraíba, pasta que é liderada pela enfermeira Bethânia Reis de Souza, e informações da instituição alemparaibana, que mostraram em diversos dias do mês de junho um número de internados que variou entre 12 e até 28 pacientes, 50% utilizando a Unidade de Terapia Intensiva devido a gravidade de seus casos. Já no mês de julho, esses números sofreram uma redução acentuada, numa variação entre 05 e 11 pacientes, o que acabou resultando igualmente numa queda abrupta de óbitos – 06 casos registrados em julho.

Dr. Rafael Gracioli, médico que integra a equipe de combate ao coronavírus do Hospital São Salvador, também provedor da instituição. (Foto: Reprodução)

A esses dados podem e devem ser citados o total de pacientes internados no HSS no dia de ontem, 03 de agosto: apenas 03, todos de outros municípios.

Outro dado interessante que deve ser levado ao público leitor vem da premissa da quantidade de casos recuperados (curados) nos meses citados. Em junho, segundo os BE’s, foram 238 recuperações (curas), e em julho o número de curas chegou a 171, totalizando 409 pessoas, boa parcela tendo passado pelas mãos da equipe do Hospital São Salvador que é liderada pelo médico Dr. Rafael Gracioli. “Estamos trabalhando arduamente na busca de salvar vidas, e posso afirmar que o HSS possui uma equipe de combate ao coronavírus que nada deve às demais instituições hospitalares da região e do estado, algumas com, muito mais recursos disponíveis. Orgulho-me de fazer parte desta equipe que tem salvado muitas vidas alemparaibanas e de cidades vizinhas que aqui buscam por socorro”, disse o médico, também provedor do Hospital São Salvador. “Infelizmente, nem sempre atingimos os nossos objetivos e desejos, o que muito lamentamos, mas posso afirmar que temos feito tudo o que podemos”, concluiu o médico.

Nos últimos dias, duas pacientes que receberam alta chamaram a atenção: a primeira foi Andréa Canedo, que recebeu alta no sábado (31 de julho), que ficou 19 dias na UTI, sendo 15 de entubação; a outra foi Daísa Paula dos Santos Gonçalves, portadora de obesidade (cerca de 150kg), hipertensa e diabética, que ficou 14 dias entubada e recebeu alta ontem – terça-feira, 03 de agosto.

Daísa Paula dos Santos Gonçalves, portadora de obesidade, hipertensão e diabética, com a equipe do HSS, ficou 14 dias entubada. Recebeu alta ontem, dia 03 de agosto. (Foto: HSS, com autorização).