Copasa soma dívidas de R$ 380 milhões por cobranças indevidas, mas soma lucro no semestre

Em Além Paraíba, com a passividade das autoridades constituídas, a população continua pagando por serviços não prestados.

Condenada em 42 processos por cobranças indevidas aos consumidores mineiros, a Copasa somou nos últimos anos uma dívida de R$ 380 milhões.

Os dados são da Agência Reguladora dos Serviços de Abastecimento e Esgotamento (Arsae-MG), responsável pelas fiscalizações que culminaram nos processos de devolução de clientes. A maioria das decisões foram motivadas por má prestação dos serviços e coincide com uma queda dos investimentos nos últimos anos.

Por outro lado, a empresa tem acumulado alta nos lucros. O balanço mais recente aponta que, no segundo trimestre de 2021, seu lucro subiu 62% em relação ao segundo trimestre de 2020 e 31% acima do mesmo período de 2019. O mesmo aconteceu no primeiro trimestre, quando contabilizou alta de 36,7% no lucro em comparação com o mesmo período de 2020.

Independente das dívidas e do balanço que apontou lucro na estatal mineira, em Além Paraíba o desrespeito e absurdo continua em alta com a cobrança de taxas nas contas dos consumidores por serviços não prestados, como é a Taxa de Esgoto. É um verdadeiro acinte tal situação, que aumenta ainda mais devido a passividade com que as autoridades constituídas, tanto do Executivo quanto Legislativo,  somadas ao Judiciário e Ministério Público que conhecem a situação, aparentemente fingem inexistir.

Até quando o povo alemparaibano vai ter que ficar vivendo este pesadelo?