Número de pensões por morte disparam em 2021

O número de pensões por morte – benefício garantido aos herdeiros dependentes de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) – aumentou 61,7% no primeiro semestre de 2021, em meio à segunda onda da pandemia de Covid-19, se comparado ao mesmo período de 2019, quando a doença ainda não tinha se instalado no país.

Há dois anos, antes do surgimento do coronavírus, foram concedidas 177.988 pensões por morte, o que representa pagamentos de R$ 286,8 milhões. Agora, no primeiro semestre de 2021, o número de benefícios adquiridos disparou, chegando a 287.906 no período. Em valores, o montante ficou em R$ 493,6 milhões.

Fonte: Rádio CPN