Provedor afastado do HSS foi perseguido e ameaçado ontem (domingo/16) por motoqueiro

Ontem (domingo/16), por volta de 14h40min, compareceu à Unidade da Polícia Militar alemparaibana o médico Dr. Rafael Gracioli, que lavrou um Boletim de Ocorrência relatando que havia sido ameaçado por um motoqueiro.

Segundo o médico, após ter atendido uma paciente no bairro Porto Velho ele trafegava com seu veículo pelo bairro Vila Laroca em direção à Rua Adãozinho, quando foi abordado por Bruno Bauer que estava em uma motocicleta, e que este o ameaçara mandando-o descer do veículo proferindo as seguintes palavras: “Se você tiver alguma coisa para falar com o Alexandre, Dr. Alexandre Reis), fala comigo”, tendo Bruno colocado a mão na pochete que estava em sua cintura como se fosse pegar alguma algo.

Temendo ser alguma arma, o médico, provedor afastado do HSS, acelerou seu veículo tendo Bruno dado um tapa na lataria de seu veículo e perseguiu-o até a entrada o bairro Terreirão, entroncamento com a Rua Adãozinho, a seguir evadindo-se em direção à Rua São Geraldo. Vale ressaltar, Dr. Rafael tinha a seu lado o editor do Jornal Além Parahyba, Flávio Senra, a quem havia dado uma carona quando passava pelo bairro de Porto Novo, que quando indagado sobre o ocorrido confirmou a versão apresentada pelo médico.

Segundo Dr. Rafael, ele não acredita que o seu colega de profissão tenha alguma relação com o dito por Bruno Bauer, já que apesar de qualquer divergência que possa existir com Dr. Alexandre Reis este é uma pessoa civilizada e jamais se portaria com ameaças a quem quer que seja.

No Boletim de Ocorrência (vide abaixo) lavrado junto as autoridades policiais militares, Dr. Rafael foi orientado com relação quais providências devem ser tomadas, o que pretende fazer nesta segunda-feira (17).