Leopoldina confirmou segunda-feira (17) a morte de duas pessoas com Covid-19

MG tem 54 mil casos a mais de coronavírus do que o último trimestre de 2021.

Leopoldina registrou no Boletim Epidemiológico divulgado na segunda-feira (17), duas mortes causadas pela Covid-19. Também foram registrados 124 novos casos da doença.

Os óbitos, de acordo com o BE, tratam-se de uma mulher com faixa etária de 80 a 89 anos e um homem com faixa etária entre 40 e 49 anos. Com isso, o número de mortes pela Covid-19 sobe para 161 no município desde o início da pandemia. A Secretaria de Saúde Leopoldinense não informou se as vítimas haviam sido vacinadas contra a doença.

Segundo o Boletim Epidemiológico, Leopoldina contabiliza 7.119 casos do novo coronavírus, com 6.178 pessoas consideradas recuperadas. Também de acordo com as informações divulgadas pela Casa de Caridade Leopoldinense, 12 pacientes se encontram internados naquela instituição com confirmação ou suspeita de Covid-19, todos eles moradores de Leopoldina.

MG bate recorde de casos de Covid-19 nos 17 primeiros dias de janeiro

Somente nos primeiros 17 dias deste mês de janeiro, Minas Gerais já soma 54.639 casos de Covid-19 a mais que o total dos três últimos meses de 2021. É o que mostra o comparativo entre os boletins da Secretaria de Estado de Saúde.

Até segunda-feira (17), o estado soma 138.246 diagnósticos da doença. Esse número supera com folga os 83.607 casos computados em outubro, novembro e dezembro do ano passado. Em janeiro, Minas tem um média de 8.132 diagnósticos por dia, ou 338 a cada hora. Essa conta representa uma mediana de quase seis casos de Covid-19 por minuto no estado no primeiro mês de 2022.

A alta de casos tem provocado até mesmo escassez de testes em drogarias e laboratórios. As aglomerações das festas de fim de ano e as viagens de férias também representam impacto nos dados de janeiro.

Fontes: Rádio CPN, SMS de Leopoldina e SES-MG