Rede de Notícias

Sete Lagoas anuncia a Feconex 2022

Envolver setores produtivos diversificados da cidade em um mesmo ambiente para que a prospecção de novos negócios e o fortalecimento de uma rede de cooperação seja instalada em toda região. Essa é a meta da primeira Feconex, Feira da Conexão, Indústria, Comércio e Serviços de Sete Lagoas que vai movimentar vários segmentos econômicos e a cadeia criativa da cidade no segundo semestre de 2022. O evento surgiu da necessidade de se reunir os atores diversos da economia local, gerando oportunidades de interações, além de novas conexões. A Feconex tem a chancela da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial e Industrial (ACI) da cidade e outros parceiros. (Jornal Sete Dias – Sete Lagoas)

Araguari terá Parque das Águas

            O Parque da Águas, como será chamada a área de lazer e convivência construída na parte dos fundos do terreno da Superintendência de Água e Esgoto (SAE Araguari), segue com as obras a todo vapor no município. Iniciada em novembro, a construção do parque tem previsão de ser finalizada ainda em abril deste ano de 2022, mês seguinte em relação ao próximo. A estrutura deve incluir, de acordo com as informações da atual gestão, quadra para práticas esportivas, área de semicírculo para reuniões e teatros, área de convivência, a plantação de 150 árvores, parquinho, equipamentos de ginástica ao ar livre e outros. (Gazeta do Triângulo – Araguari)

Encontro em Brasília sobre cultura

Representantes da Associação Comercial, Industrial, de Turismo, Serviços e Agronegócios de Araxá (Acia) estiveram reunidos na manhã da última quarta-feira, 02, em Brasília, com o secretário nacional de Incentivo e Fomento à Cultura, André Porciúncula. No encontro, ocorrido a partir das 10 horas, houve tratativas acerca de projetos culturais desenvolvidos pela Fundação Cultural Acia (Facia), em especial, sobre a homologação do Festnatal XII. Da reunião também participaramo vereador Luiz Carlos Bittencourt, o presidente da Acia, Emílio Ludovico Neumann, a presidente da Facia, Elisa Borges Viana da Costa Baião Macêdo, e a superintendente da entidade, Heloísa Canuto. (Correio de Araxá)

Capacitação de professores

Teve início nesta semana, a capacitação do projeto Empreendedorismo na Escola, voltada para professores e pedagogos da Rede Municipal de Educação de Caxambu. O Prefeito Diogo Curi, acompanhado do Secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Amaro Gadbem e da Secretária Municipal de Educação Ariana de Paula Oliveira, fez a abertura dos trabalhos, dialogando com os participantes sobre a importância de orientar os mais jovens no empreendedorismo. O treinamento é em parceria com o Sebrae e tem como objetivo preparar os professores para que possam ensinar aos alunos a cultura do empreendedorismo. (Jornal Panorama – Baependi)

R$ 21 milhões em impostos

A operação do pedágio da Via 040 gerou o pagamento de aproximadamente R$ 21,7 milhões a 35 municípios em 2021, montante referente ao recolhimento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). Os recursos foram destinados aos municípios por onde a rodovia passa no Distrito Federal e Goiás. Em Minas Gerais, os municípios atendidos pela rodovia ficam com cerca de 93% (R$20,4 milhões) dos impostos pagos. O dinheiro recolhido vai direto para o tesouro das prefeituras, que poderão investi-lo em áreas como educação, saúde, saneamento e infraestrutura. O volume de recursos pago pela Via 040 corresponde à operação das 11 praças de pedágio entre Brasília e Juiz de Fora. (Correio da Cidade – Conselheiro Lafaiete)

Revitalização de parque infantil

Nesta semana, foi realizada a inauguração da revitalização da área de lazer para as crianças no Terminal Rodoviário. O parque infantil recebeu o nome da pequena Maria Gabriela Nápoles, de 5 anos, uma das vítimas da covid-19 no município. A cerimônia de descerramento da placa foi conduzida pelo prefeito Eugênio Vilela e pela vice-prefeita Adriana Prado. Secretários municipais, familiares e amigos da homenageada acompanharam a inauguração. (Jornal Nova Imprensa – Formiga)

Projetos de reparação de Brumadinho

O Ministério Público Estadual (MPMG), o Ministério Público Federal (MPF) e a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) aprovaram os primeiros projetos de reparação socioeconômica em Brumadinho e nos outros 25 municípios considerados atingidos pelo rompimento das barragens da Vale S.A. ocorrido em janeiro de 2019. Os planos serão executados pela Vale. Os projetos fazem parte do pacote de execução extraordinária do texto do Acordo Judicial e contemplam ações nas áreas de Saúde, Desenvolvimento Social e Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Eles foram apresentados às pessoas atingidas logo após a assinatura do Termo, em 2021. (Diário do Rio Doce – Governador Valadares)