Bolsonaro: invasão de igreja é a “verdadeira face do ódio” da esquerda

Bolsonaro criticou invasão de igreja em Curitiba| Foto: Isac Nobrega/Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se manifestou por meio das redes sociais, ontem, segunda-feira (7), sobre a invasão de uma igreja católica em Curitiba por militantes de esquerda, incluindo um vereador do PT, Renato Freitas, no sábado (5). Bolsonaro afirmou que os manifestantes não respeitaram a casa de Deus, que é um local sagrado, que eles ofenderam milhões de cristãos e que o ato representa a “verdadeira face de ódio e desprezo às tradições do nosso povo” por parte da esquerda.

O caso será acompanhado por dois ministérios – da Justiça e Segurança Pública, e o da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos – por determinação do presidente. Bolsonaro citou ainda o artigo 208 do Código Penal:

“Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo

Art. 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:

Pena – detenção, de um mês a um ano, ou multa.

Parágrafo único – Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência”.

Fonte: Gazeta do Povo