Morre em Cataguases, Newton Dutra, aos 69 anos de idade

Empreendedor, criou o Sicoob Coopemata e a Escola de Formação Gerencial – EFG.

Faleceu ontem, domingo, 3 de abril, o empreendedor Newton Antônio Dutra, aos 69 anos de idade. Natural de Bicas (MG), deixa dois filhos e netos e um legado de realizações em Cataguases, cidade que veio morar quando trabalhava na Energisa e nunca escondeu seu amor por ela. Seu sepultamento foi realizado na manhã desta segunda-feira, 4, às 10 horas, no Cemitério São José e o seu corpo foi velado na Capela São Cristóvão.

Dinâmico, visionário e empreendedor nato, também flertou com a Política, sendo candidato a vice-prefeito, em 2000, na chapa formada pelo médico e então prefeito, Paulo Schelb. Na iniciativa privada atuou em diversas áreas como na Educação quando trouxe para a cidade a Escola de Formação Gerencial, ex-ETFG, que funciona no prédio do CAT – Centro de Atividades do Trabalhador. Newtinho também foi presidente da Associação Comercial e Industrial de Cataguases, entre outras atividades de destaque que exerceu na cidade.

Outra grande iniciativa de Newtinho e, sem dúvida, o maior sucesso entre todos os seus projetos, foi dar início a criação de uma cooperativa em Cataguases. Sua ideia foi abraçada por vários empresários fazendo nascer a Coopemata, mais tarde, rebatizada de Sicoob Coopemata já tendo à frente o atual presidente de seu Conselho de Administração, César Augusto Mattos. A cooperativa cataguasense foi inaugurada em 24 de agosto de 1998 e hoje está presente em 16 municípios. Atualmente, Newtinho era Conselheiro daquela Cooperativa.

Ao saber do falecimento do amigo e companheiro de jornada, César Mattos deu a seguinte delcaração ao Site do Marcelo Lopes: “É com muito pesar e com muita tristeza no coração, que recebi a notícia do falecimento do Newton Dutra, meu amigo, conselheiro do Sicoob Coopemata e grande responsável pelo nascimento da nossa cooperativa. Newton foi um empreendedor e visionário. Devemos muito a ele por todas as suas fundamentais contribuições para que pudéssemos tornar a Coopemata a grande cooperativa que é. Desejo que Deus o receba em seus braços e que dê consolo aos seus familiares e amigos”, afirmou o presidente do Conselho de Administração do Sicoob Coopemata, César Augusto Mattos.

Fonte e foto: Site Marcelo Lopes