Faleceu Luiz Breves Rodrigues, engenheiro e líder político

Além Paraiba perdeu um grande cidadão sempre voltado à defesa do crescimento do Município e à modernização dos serviços municipais.

Luiz Breves morreu em consequência de uma pneumonia, aos 85 anos. Ele já estava internado há mais de uma semana no Hospital São Salvador, em Além Paraíba. O engenheiro, que também foi uma respeitada liderança política no município, estava bastante debilitado. (Foto: Jornal Agora)

Faleceu nesta segunda-feira, 16 de maio, o engenheiro Luiz Breves Rodrigues, aos 85 anos.  Luiz Breves Rodrigues, pai de Luiz Eduardo, (engenheiro que atua em Angola) e Isabela (psicóloga que reside em Sapucaia), era casado com a Professora Marlene Cardoso  Rodrigues, tendo falecido aos 85 anos.

Nascido em Além Paraíba, foi estudar no Rio de Janeiro e lá ingressou na Marinha do Brasil. Ao deixar essa Força, começou sua vida profissional na Geommecânica: Engenharia e Tecnologia de Solos.

Graduado em Engenharia, assumiu uma diretoria da Empresa e passou a ser seu acionista, residindo no Rio de Janeiro, mas atuando em diversos Estados do País. Seus pais continuavam residindo em Além Paraíba, no bairro Vila Laroca.

No governo Elias Sahione foi contratado para executar a contenção da encosta na Rua 15 de Novembro (Igreja Assembleia de Deus), escorando a rua Bias Fortes.

No governo Fernando Lúcio, foi responsável pelas contenções no Morro São Sebastião, Morro dos Cabritos e no Porto Velho. A partir daí, Luiz foi retornando para Além Paraíba, tendo adquirido a Fazenda Milharal, na estrada pra Ilha dos Pombos, e quando se aposentou foi Secretário de Obras no governo do Fernando. Candidatou-se a prefeito, não conseguindo êxito.

Pessoa extremamente leal às suas amizades e solidário em ações da comunidade, atuou na Cnec; no Asilo; nos Vicentinos e destacou-se nas campanhas do Rotary.

Além Paraíba perdeu um grande cidadão sempre voltado à defesa do crescimento do Município e à modernização dos serviços municipais.

Nós, seus amigos, estamos com enorme sentimento de perda pelo que ele representava no relacionamento conosco e com quantos privaram de seu convívio.

O corpo de Luiz Breves foi sepultado na tarde de hoje, 16 de maio, no cemitério do Santíssimo.

Fonte: Jornal Agora, com informações e texto de Fernando Lúcio Ferreira Donzeles