terça-feira, junho 25, 2024
DESTAQUENOTÍCIASREGIÃO

Cabeça de homem é encontrada em parquinho no bairro São Marcos, em Cataguases

O corpo dele também foi localizado no meio do mato, perto dali. Polícia Militar prende dois suspeitos que confessaram o crime.

A cabeça de um homem foi encontrada por volta de 6 horas da última sexta-feira, 12 de janeiro, no parquinho do bairro São Marcos, em Cataguases. A Polícia Militar foi acionada e após confirmar o fato, localizou perto dali, o corpo de um homem decapitado, caído no meio do mato.

De acordo com as informações da PM, trata-se de Reginaldo da Silva, de 48 anos, morador de Cataguases que havia se mudado para aquele bairro recentemente. Ainda conforme a Polícia, há contra ele uma ocorrência de crime em 2020.

A Perícia Técnica esteve no local realizando seu trabalho de praxe, bem como a Polícia Civil que assumiu as investigações visando elucidar o crime.

PM prende os suspeitos do crime

O comandante da 146ª Companhia de Polícia Militar de Cataguases, major Rodrigo da Silva Paro divulgou detalhes do homicídio ocorrido na manhã de sexta-feira, 12 de janeiro, em Cataguases, onde a cabeça de um homem foi encontrada em um parquinho infantil, e o corpo dele em um matagal próximo dali. Ainda pela manhã a equipe policial conseguiu identificar e prender dois suspeitos de serem os autores do crime que abalou aquela cidade pela crueldade.

Em vídeo divulgado pelo 68º Batalhão da Polícia Militar que comanda Cataguases, major Paro disse que os dois autores foram presos no final da mesma manha. Os dois suspeitos de 19 e 21 anos de idade têm passagens pela Polícia por homicídio, roubo, furto e tráfico de drogas, revelou aquele comandante.

Ainda conforme o Major Paro, segundo os suspeitos relataram, estavam bebendo com a vítima em um apartamento no Residencial São Marcos quando decidiram comprar drogas. Eles teriam entregue a Reginaldo a quantia de R$ 200 e ele foi buscar os entorpecentes.

Como demorava para retornar, os rapazes resolveram ir até ele e o encontraram num atalho, no meio do mato, onde se desentenderam e o mataram com uma faca que também foi utilizada para cortar sua cabeça que foi abandonada no parquinho do mesmo conjunto habitacional. A faca usada no crime foi procurada pelos policiais, mas não foi encontrada.

Com o decorrer dos trabalhos as equipes da PM conseguiram identificar os suspeitos que estariam escondidos no conjunto habitacional. Durante as buscas um deles foi localizado, tentou fugir, mas foi preso logo depois. O seu colega estava em outro apartamento onde foi encontrado atrás do sofá, sendo preso em seguida. Ambos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Cataguases onde prestaram depoimento e foram conduzidos ao presídio onde permanecerão à disposição da justiça.

Fonte: Portal-Site Marcelo Lopes com informações e foto da PMMG.