quarta-feira, julho 24, 2024
DESTAQUENOTÍCIASREGIÃO

Com investimentos de R$ 54 milhões, Energisa Minas Rio inaugura duas novas subestações

Para ampliar a disponibilidade e garantir a qualidade do fornecimento de energia elétrica, a Energisa Minas Rio inaugurou nesta terça-feira (09/01) duas novas subestações: Pirapetinga II e Barra do Braúna II. Na solenidade, autoridades municipais, representantes de empresas e da comunidade puderam ver a obra que trará maior confiabilidade do sistema elétrico para os municípios de Pirapetinga, Recreio, Leopoldina e distritos.

Com investimento de R$ 54 milhões, o empreendimento tem capacidade de 45 MVA e beneficiará diretamente 22 mil clientes, entre residências, comércios, estabelecimentos públicos e privados. Além da subestação, simultaneamente a Energisa construiu duas linhas de distribuição de alta tensão de 138 mil volts, que interligam as novas subestações.

As obras, que iniciaram em julho de 2022, seguiram as mais modernas técnicas de construção e todos os protocolos exigidos pela legislação ambiental e normas de segurança.

Conforme o diretor-presidente da Energisa Minas Rio, Eduardo Mantovani, a obra representa um importante aumento na capacidade energética da cidade e região, ressaltando que a energia é um fator preponderante para o desenvolvimento, expansão, geração de emprego e renda.

“Estamos muito felizes com essa entrega, na certeza de que vai propiciar o desenvolvimento, atraindo indústrias, comércios, e beneficiando toda a população. Trata-se de uma subestação moderna, totalmente automatizada, que foi planejada ao longo dos últimos anos e agora está sendo entregue com toda a qualidade e confiança que a população merece”, enfatiza.

Mais investimentos na região

Além dos investimentos nessas duas subestações, como parte do compromisso da Energisa com as 67 cidades da área de concessão, a empresa tem atuado simultaneamente na substituição de cabos, postes, cruzetas, instalação de equipamentos automatizados, podas de árvores que apresentam algum risco ao sistema elétrico, entre outras melhorias e manutenções preventivas em equipamentos que são imprescindíveis para a estrutura de distribuição de energia.

Em 2023, as subestações como a de Ituerê, que atende à região de Rio Pomba, e a de Miraí receberam melhorias como a substituição de transformadores por outros de maior potência e carga, minimizando as interrupções, além de permitir o desenvolvimento econômico com maior disponibilidade de energia, principalmente para atender clientes industriais.

Como parte desse compromisso de investimentos até 2025, serão construídas mais quatro novas subestações nas seguintes regiões: Muriaé (distrito Vermelho), Leopoldina, Canaã na região de Ubá e Martins Soares na região de Manhuaçu.

Fonte: Gerência de Comunicação Social Energisa Rio-Minas