domingo, junho 23, 2024
COLUNASDESTAQUEESPORTESNOTÍCIAS

Cruzeiro esbarra em erros individuais e perde título da Copinha para o Corinthians

Raposa perdeu para a equipe corintiana ontem, quinta-feira (25), na Neo Química Arena, em São Paulo.

O Cruzeiro não conseguiu suportar a pressão do Corinthians e perdeu para a equipe paulista por 1 a 0 ontem, quinta-feira (25), na Neo Química Arena, pela final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com gol de Kayke aos 40 minutos do segundo tempo, o time corintiano garantiu o título da principal competição de base do Brasil.

A Raposa se manteve firme durante toda a partida, porém, após a paralisação do jogo aos 34 minutos do segundo tempo, em decorrência de sinalizadores acesos na torcida do Corinthians, o time cruzeirense sofreu com a pressão paulista e levou o gol que valeu o título para os alvinegros.

Após o término da Copinha, o Cruzeiro ainda tem pela frente nesta temporada o Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da categoria. A Raposa dará o pontapé nos torneios nacionais no dia 3 de abril, na busca pelo bicampeonato da Copa do Brasil.

Tudo igual

O Cruzeiro manteve o roteiro utilizado nas outras partidas da Copinha, permitindo que o time adversário começasse o jogo com a posse da bola, mas ao decorrer da partida foi tomando para si. Logo aos 6 minutos, Gui Meira tentou um chute de longa distância rasteiro, mas o goleiro Felipe Longo conseguiu fazer a defesa.

A Raposa se manteve firme no setor ofensivo. Aos 9 minutos, Gui Meira deu uma arrancada no meio de campo, Xavier tentou pegar de primeira, mas o goleiro corintiano fez a defesa. No rebote, Arthur Viana chutou, mas a bola saiu pelo lado direito do gol de Felipe Longo.

O Corinthians tentou cavar um pênalti com Arthur Sousa aos 37 minutos. O atacante tentou aproveitar a aproximação de Pedrão dentro da grande área, mas o árbitro sinalizou que o jogador alvinegro estava simulando e deu cartão amarelo.

Derrota após paralisação

A Raposa conquistou as primeiras grandes oportunidades de gol a partir dos 20 minutos do segundo tempo. Na marca dos 23 minutos, o Cruzeiro teve um tento anulado, que seria de Tevis na entrada da área, mas o árbitro sinalizou falta de ataque do Cruzeiro, após embate na pequena área entre Henrique Silva e Felipe Longo.

O jogo foi paralisado aos 34 minutos, após sinalizadores acesos na torcida do Corinthians. Após o reinício da partida, o Corinthians dominou o jogo. Com 40 minutos, Kayke saiu da marcação e, livre, chutou de longa distância, deixando o time corintiano na frente no placar.

O Cruzeiro tentou o empate até os últimos minutos, mas não conseguiu igualar o placar para levar a decisão para os pênaltis. A equipe do Corinthians se fechou no sistema defensivo e segurou o resultado, conquistando o título.

Ficha do jogo

Cruzeiro

Otávio; Carlos Gómez, Pedrão, Bruno Alves (Kelvin); Vitinho, Henrique Silva (Andrezinho), Jhosefer e Xavier; Arthur Viana (Ruan Índio), Tevis e Gui Meira. Técnico: Fernando Seabra

хит последних 20 лет

Corinthians

Felipe Longo; Léo Mana, João Pedro Tchoca, Renato e Vitor Meer; Ryan, Breno Bidon e Pedrinho (GH); Kayke, Higor (Thomas Lisboa) e Arthur Sousa. Técnico: Danilo

Gol: Kayke (40’ do 2ºT)

Cartões amarelo: Vitor, Léo Mana e Arthur Sousa (Corinthians); Arthur Viana (Cruzeiro)

Motivo: Final Copa São Paulo 2024

Local: Neo Química Arena, em São Paulo

Árbitro: Gabriel Henrique Meira Bispo

Auxiliares: Robson Ferreira Oliveira e Izabele de Oliveira

VAR: Daiane Muniz dos Santos

Fonte: Jornal O Tempo – Por Jeovana Oliveira