quarta-feira, julho 24, 2024
DESTAQUENOTÍCIASREGIÃO

SENAR-MG vai ministrar curso gratuito de Cria e Recria de Bezerras para produtores rurais aventureirenses

Com o apoio da Prefeitura Municipal de Santo Antônio do Aventureiro através de sua Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária e do escritório local da EMATER-MG naquele município serrano, o Sindicato Rural de Argirita vai promover no município aventureirense, entre os dias 25 e 27 de março, um curso gratuito sobre Cria e Recria de Bezerras.

O curso será ministrado por técnicos do SENAR-MG, e estarão sendo liberadas de dez a doze vagas para os participantes interessados que estejam com idade acima de 18 anos.

Maiores informações podem ser obtidas no escritório da EMATER-MG de Santo Antônio do Aventureiro, falar com Ana Paula Andrade, ou através do telefone (32) 99160-0150.                                                                       

O curso de cria e recria de bezerras

O curso de Cria e Recria de Bezerras ministrado pelo SENAR-MG tem entre os principais pontos trabalhados os cuidados com as vacas gestantes, cuidados com a vaca e com a bezerra durante o parto, com a bezerra recém-nascida, instalações, manejo sanitário e alimentar na fase de cria, que abrange de 0 a 90 dias.

Segundo o SENAR-MG, muitos produtores erram ao não fornecerem a alimentação correta aos animais, o que impacta no desenvolvimento desejável. Outro aspecto é a falta de qualificação específica para a criação adequada das bezerras. “É importante que o produtor siga todas as orientações passadas no treinamento para evitar prejuízos, inclusive gastos com reposição de bezerras vindas de criatórios que podem cobrar caro por uma genética duvidosa. E nessa conta ainda precisamos considerar as despesas com medicamentos”, adverte o zootecnista Ricardo Marcus Soares Mendes. Ainda sobre os prejuízos, ele chama a atenção para o fato de que “bezerras mal criadas não alcançarão todo o seu potencial genético de produção e também irão demorar mais para parir, o que irá diminuir sua vida produtiva”.

Em relação às oportunidades de trabalho, Mendes vislumbra um cenário positivo para participantes do curso ministrado pelo SENAR-MG. “Cuidar de bezerras é mais uma oportunidade de trabalho que se abre na atividade leiteira. Hoje muitas fazendas já têm um funcionário específico para cuidar desses animais, mas para isso é preciso que ele esteja devidamente capacitado.” (Fonte: SENAR-MG)