terça-feira, abril 23, 2024
NOTÍCIAS

Estradas que ligam Angustura à Marinópolis (BR-116) e a Fernando Lobo (BR-393) é o retrato do descaso na municipalidade alemparaibana ao distrito

As péssimas condições estão trazendo graves problemas e prejuízos aos produtores rurais e, em especial, a quem está investindo alto na localidade.

Nunca em toda a história de Além Paraíba, em especial ao distrito de Angustura, o descaso da municipalidade àquela localidade foi tão grande. Até parece, é a afirmativa da maioria de seus moradores, uma espécie de vingança do atual prefeito já que foi o único lugar do município em que ele foi derrotado no processo eleitoral de 2020.

As estradas que ligam Angustura à BR-116 (Marinópolis) e à BR-393 (Fernando Lobo), bem como todas as que circundam o distrito e são utilizadas pelos produtores para escoar suas produções, é o retrato do abandono e da falta de compromisso com quem paga impostos ou procura investir e gerar empregos em terras angusturenses.

As reclamações são incontáveis, e até mesmo alguns dos denunciantes, como é o caso de um morador pré-candidato a vereador, que muito antes de tentar tal vaga no Legislativo Municipal sempre denunciou as condições das estradas, acabou sendo ameaçado por alguns aliados do prefeito Miguelzinho pelas denúncias que faz mostrando em vídeo as condições das estradas angusturenses. Vale ressaltar que um dos responsáveis pelas ameaças é tido como possível “subprefeito” na localidade, o que vem mostrar o quanto a atual administração municipal trata aqueles que pensam no melhor para Angustura.

Não bastasse tamanho absurdo, é sempre bom lembrar que quem pensa no melhor para o distrito, inclusive investindo na localidade, como é o caso de César Luiz Silva Vidal, o Cezinha, que inaugurou recentemente o Restaurante AnQuim, instalou na localidade uma marcenaria, uma charcutaria e em breve colocará em funcionamento um bistrô, teve inúmeras reservas canceladas no seu restaurante nos dois últimos finais de semana. Cezinha é responsável pela geração de vários empregos na localidade, além de pagar taxas e impostos que revertem recursos para os cofres públicos municipais e, desde a inauguração do seu restaurante, assumiu junto à municipalidade a manutenção e reforma de parte da Praça Ministro Clóvis Salgado.

Com relação as duas estradas, dois dias atrás, uma emissora de rádio de Além Paraíba levou aos ouvintes que a prefeitura realizará manilhamento na estrada de Angustura. Diz a notícia:

“A Prefeitura Municipal de Além Paraíba, através da Secretaria Municipal de Agropecuária e Meio Ambiente, adquiriu manilhas para dar início a manutenção da estrada principal do Distrito de Angustura. O manilhamento tem o objetivo de criar saídas dando vazão a água de chuvas evitando assim que no período ‘das águas’ não ocorram transtornos como acúmulo de água, prejuízo da trafegabilidade e lama. O prefeito Miguel Belmiro Júnior determinou urgência na manutenção da estrada principal de Angustura tão logo as chuvas diminuam a intensidade”.

Pelo visto, a estrada que liga Angustura a Marinópolis continuará a boa m (*) que está, sem contar que as demais continuarão abandonadas e a própria sorte. Aliás, não dá para entender o motivo das estradas vicinais alemparaibanas estarem com a sua manutenção e conservação a cargo da Secretaria Municipal de Agropecuária e Meio Ambiente já que, pela lógica, tal serviço deveria estar nas mãos da Secretaria Municipal de Obras e Serviços, pasta onde estão lotados os engenheiros e toda mão de obra especializada para realizar tal serviço em todas as vias públicas municipais, seja dentro da sede do município ou na zona rural.

Ainda sobre Angustura, dias atrás uma limpeza foi realizada em algumas ruas da localidade, por sinal bem feitas. Entretanto, o lixo recolhidos, ao invés de ser descartado onde deveria, foi colocado no pátio do antigo patronato, onde ficam estacionadas máquinas e outros veículos da prefeitura, na divisa de uma residência. Ou seja, mais uma lambança de uma administração que daqui há 293 dias sairá pela porta dos fundos da sede do município…