sábado, maio 25, 2024
DESTAQUENOTÍCIASREGIÃO

Operação com 130 policiais cumpre mandados de prisão, busca e apreensão em MG

Operação contra o crime organizado resultou em três prisões em flagrante e apreensão de dinheiro, armas e drogas.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco/MG) deflagrou, na manhã de ontem,  quinta-feira (25), a Operação “Aegis” e cumpriu 16 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão nas cidades mineiras de Andrelândia, São Vicente e Minduri. A Operação contou com o apoio de cerca de 130 policiais civis, militares, federais e penais, e os mandados foram expedidos pela Vara Única da Comarca de Andrelândia.

A ação teve por finalidade combater o tráfico de drogas e o crime organizado na região. Além dos 16 mandados de prisão, também foram efetuadas três prisões em flagrante por posse de armas e drogas. Durante o cumprimento das buscas foram apreendidos dinheiro, armas, drogas e aparelhos celulares.

Investigações tiveram início em 2022

Em decorrência do aumento da violência na cidade de Andrelândia e região, no ano de 2022 uma equipe da Ficco/MG iniciou investigações que revelaram a prática de crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e integração a uma organização criminosa.

O suposto líder da organização criminosa, na região de Andrelândia, é um dos investigados na operação. Ele já foi preso por tráfico de drogas e porte ilegal de armas e recentemente ameaçou matar com tiros de fuzil policiais militares lotados em Andrelândia e região. As ameaças se deram por meio de mensagens e vídeos em redes sociais, fato que motivou a ação da Ficco/MG.

Operação Aegis

O nome “Aegis” faz referência à simbologia da palavra na mitologia grega, que representava o escudo que Zeus utilizou em sua luta contra os titãs, “em relação à necessidade de proteger a sociedade e evitar o domínio do crime organizado na região de Andrelândia-MG”, aponta o Ficco/MG.

Fonte: Tribuna de Minas