Camil e suas Crônicas

Durante anos, suas crônicas começaram a ser publicadas no semanário ALÉM PARAHYBA na edição nº 355, em dezembro de 2005, o tabelião Camil José Hisse teve um espaço reservado em nossas páginas. Com simplicidade, o nosso sempre saudoso amigo brincava com as palavras narrando o que pensava, suas experiências, seus causos e histórias do seu cotidiano, enfim e simplificando, levava até sua legião de admiradores um pouco de alento às dificuldades que pudessem atravessar em seus caminhos. Vale ressaltar, suas crônicas eram aguardadas com ansiedade, e muitos ficavam a imaginar qual seria o foco da semana seguinte que ele apresentaria, em algumas ocasiões sobre acontecimentos da história que ele vivenciou. A cada semana, ou sempre que possível, aqui teremos um pouco de Camil José Hisse…