Além da Covid-19, Secretaria Municipal de Saúde de Santo Antônio do Aventureiro combate a Dengue

A Secretaria Municipal de Saúde de Saúde de Santo Antônio do Aventureiro vai dar início essa semana, no bairro Lavourinha, ações de intensificação de combate a Dengue. Vale ressaltar, nas duas últimas semanas o município  registrou mais um caso suspeito de dengue.

As atividades consistem em realizar visitas aos imóveis da região para orientação dos moradores sobre medidas de prevenção das arboviroses, para o controle de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti e entrega de panfleto informativo. Serão realizados também bloqueios químicos (nebulização com inseticida aplicado com equipamento costal) para matar o mosquito adulto transmissor da dengue e interromper a transmissão da doença). A nebulização é feita com base em rigorosos critérios técnicos.

Para que a nebulização ocorra com sucesso, os moradores devem colaborar com alguns cuidados, como permanecer dentro de casa no momento da ação, deixar portas e janelas abertas, colocar animais no fundo da casa, cobrir alimentos (inclusive de animais) e utensílios que estiverem em cima do fogão, entre outros.

É importante que a população faça a sua parte e se atentar principalmente aos quintais, ralos externos, pratos de plantas, garrafas pet e pneus. Também é muito importante receber os profissionais em casa para obter mais orientações.

Quem estiver com suspeita de dengue, zika ou chikunguya deve procurar atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) para realizar o exame de sorologia. Dessa forma, o Setor de Combate às Endemias será notificado.

Ultimas informações sobre a Covid-19 em Aventureiro

A Secretaria Municipal de Saúde de Santo Antônio do Aventureiro, através do Boletim Epidemiológico nº 104, emitido dia 26 de abril informou que foram constatados 246 casos confirmados da Covid-19 durante toda a pandemia. Desse total, 224 casos foram recuperados, e 15 óbitos foram registrados. Atualmente existem 04 casos de infecção do coronavírus em isolamento domiciliar, além de 09 casos suspeitos em investigação.

Fonte: SMSSAA