Irmãos foram assassinados ontem (domingo – 20) no bairro Terra do Santo

Seis dias após a Polícia Civil de Além Paraíba, munida de um mandado de busca e apreensão expedido pelo Judiciário de Além Paraíba, invadido uma residência localizada no bairro do Goiabal suspeita de pertencer a W.M.G., um possível chefe do tráfico de drogas em Além Paraíba, onde foram encontrados uma pistola Glock 9mm, oito carregadores, cerca de 300 munições  e uma espada Katana, dois irmãos, o menor Ítalo Rodrigues, fazendo 17 anos hoje (21), e Victor da Silva Rodrigues, 27 anos, conhecido por “Zaqueu”, foram encontrados mortos no início da noite de ontem (domingo – 20), dentro de um veículo nas proximidades da entrada do bairro Terra do Santo.

Segundo informações, os irmãos eram moradores do bairro do Goiabal, e foram mortos a tiros disparados a queima roupa, sendo que “Zaqueu” teria recebido seis disparos. As vítimas, que foram encontradas e levadas por populares ao Hospital São Salvador, com Victor chegando ao HSS já sem vida, e Ítalo, que estava no banco do carona, vindo a óbito horas depois.

As polícias Militar e Civil estiveram no local do crime para o registro da ocorrência, mas nenhuma informação concreta sobre o duplo homicídio foi dada até o fechamento desta reportagem. A única informação dada, mesmo assim oficiosa, foi de que o crime estaria ligado a uma possível guerra entre elementos ligados ao tráfico de drogas.

Goiabal e Terra do Santo em pé de guerra?

Em 23 de março último, após atos criminosos terem ocorrido no bairro Goiabal, onde houve troca de tiros, motocicleta incendiada, indivíduo sendo baleado de sumido tal qual fumaça no ar, tempos depois o dono de um bar ter sido assassinado, o site do Jornal Além Parahyba fez esta indagação – “Bairro do Goiabal está em pé de guerra com Terra do Santo – Será?”.

Voltemos aos fatos da época…

No anoitecer do dia 22 de março, uma motocicleta foi incendiada no bairro Goiabal após uma possível troca de tiros entre o proprietário do veículo, conhecido por “Nem Preto Pitbul”, e desafetos que residem naquele bairro. Outra informação que chegou até a redação do site do Jornal Além Parahyba é que “Pitbul” teria sido ferido por policiais e fugido em direção ignorada, desaparecendo como fumaça no ar.

Muitas informações desencontradas, a maioria originária de moradores através de rede social, davam conta de que uma guerra pelo controle do tráfico no bairro poderia estar sendo iniciada, com participação de alguns elementos envolvidos no tráfico de drogas nos bairros Goiabal e Terra do Santo, deste bairro com apoio de uma facção do município de Três Rios (RJ). Tal hipótese de iniciação de um conflito entre os bairros começava a se alastrar pelas ruas e becos das duas comunidades alemparaibanas, o que seria algo inadmissível por várias situações que envolvem seus moradores.

Inicialmente, vale ressaltar, os bairros podem ser considerados até como irmãos, já que dividem as mesmas realidades perante o poder público. Seus moradores, na maioria, são de poder aquisitivo baixo, claramente discriminados perante a sociedade e as autoridades, enfrentando as mesmas dificuldades de infra-estrutura, saúde, educação e assistência social. Se levado em conta certos comentários já realizados até mesmo por autoridades policiais, as duas localidades poderiam ser comparadas até mesmo ao Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, local tomado por facções criminosas como PCC e Comando Vermelho. Certa ocasião, e foi registrado pelo ALÉM PARAHYBA, alguns policiais civis, hoje não mais atuando em Além Paraíba, chegaram a afirmar de que o Goiabal era “terra de bandido”, que foi tratado pelo semanário como uma afirmativa infeliz e discriminatória, ou seja, um crime.

Voltando ao assunto ocorrido naquela ocasião, a PM esteve no local, chegando a ter cinco veículos estacionados numa praça logo na entrada do bairro Goiabal, ao lado de um supermercado, e outras três motocicletas circulando por todas as direções em busca dos envolvidos, inclusive “Pitbul” que até o momento encontra-se desaparecido. Segundo informações do repórter Adenilson Mendes, a PM teria encontrado 09 cápsulas de armas de fogo deflagradas.

Moradores pedem providências e socorro

Vítimas de discriminação junto a toda sociedade alemparaibana, em especial pelas autoridades policiais que consideram todos os seus moradores com “bandidos”, os alemparaibanos residentes nos bairros Goiabal e Terra do Santo já de longa data vem solicitando do Poder Público, em especial o Executivo, Legislativo e Judiciário, medidas que possam inibir a criminalidade que os cercam diuturnamente.

A infraestrutura dos dois bairros, onde residem pessoas de bem e trabalhadores, é de péssima qualidade, com as creches dando pouco suporte às famílias que necessitam de um local adequado para deixar seus filhos enquanto trabalham, postos de saúde melhores estruturados que atendam os necessitados de medicamentos com mais rapidez, postos policiais que inibam a criminalidade, etc.

Vale ressaltar, quando uma família moradora necessita de um medicamento e não é atendida, vê sua dispensa vazia e seus filhos passando fome, faltou o gás e não tem dinheiro para comprar, advinha a quem ela recorre e prontamente é atendida? Essa resposta tem que ser dada pelos poderes citados acima.

Abaixo, duas mensagens de whatsaap que circularam na rede social em 22/23 de março último, quando surgiu a hipótese de uma guerra entre Goiabal e Terra do Santo…