Duda Mendonça, ex-marqueteiro do PT, morre aos 77 anos

Duda Mendonça admitiu ter recebido no exterior R$ 10 milhões da campanha de Lula em 2002.| Foto: Bernando Helio/Câmara dos Deputados

O publicitário Duda Mendonça morreu nesta segunda-feira (16), aos 77 anos, em São Paulo. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o mês de junho, onde tratava um câncer no cérebro, quadro que foi agravado pela infecção pela Covid-19.

José Eduardo Cavalcanti de Mendonça era reconhecido como um dos principais profissionais da área de propaganda política do Brasil, tendo sido o responsável campanha eleitoral que elegeu pela primeira vez o ex-presidente Lula, em 2002, tendo ainda trabalhado com outros políticos como Ciro Gomes, Paulo Maluf e até mesmo em campanhas internacionais, como a de Pedro Santana Lopes, ex-primeiro ministro do Portugal.

Duda Mendonça chegou a responder pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas no processo do Mensalão, em 2012, processo no qual acabou absolvido. Na CPI dos Correios, em 2005, Duda Mendonça afirmou ter recebido mais de R$ 10 milhões em uma offshore nas Bahamas.

Fonte: Gazeta dom Povo