segunda-feira, abril 15, 2024
DESTAQUEEDITORIALNOTÍCIAS

EDITORIAL

Resposta a Matheus, endossando as palavras do Jornal Agora

Por Flávio Senra (*)

Estarrecidos com as declarações do vereador Matheus Cruz que acabou resultando em um Editorial junto ao Jornal Agora (vide link https://www.agorajornais.com.br/cotidiano/item/2966-editorial-presidente-da-c%C3%A2mara-responsabiliza-jornais-por-t%C3%ADtulo-de-%E2%80%98pneumologista%E2%80%99-dado-ao-dr-rafael-gracioli.html?fbclid=IwAR3-t5EIJwkY-fJkZOo7jVn4SBUlChSCVM0GHKgIhN3IYsf8OUNKJt8QLHQ), a quem parabenizamos pela clareza de detalhes, em muito lamentamos tal fato, principalmente por ter acreditado que o membro da edilidade de Além Paraíba seria um diferencial naquela Casa que já de longa data perdeu literalmente a credibilidade junto a população alemparaibana.

Foi infeliz, isto para não taxar de idiota, o comentário e as acusações do jovem membro da edilidade de Além Paraíba que, durante a plenária do dia 30 de agosto, teceu críticas e acusações à alguns veículos de comunicação alemparaibanos, entre estes os jornais Agora e o ALÉM PARAHYBA.

Não é hora de entrar em detalhes sobre os imbecis motivos que levaram Matheus, atual presidente do Legislativo Municipal, a covardemente atacar a imprensa dessa boa terra que hoje comemora mais um ano de emancipação político-administrativa, em especial aqueles veículos que não se curvam subservientes aos mandos e desmandos de parte da classe política do município acostumada a comprar apoio com favores e dinheiro público.

Repetindo, estamos estarrecidos com as declarações de Matheus, um jovem político de futuro agora incerto, que chegamos a acreditar que, junto alguns dos novos membros da edilidade alemparaibana e outros, estavam dando início à uma nova história daquela que já foi apelidada por grande parcela da população como “Casa da Maracutaia”. O que vimos junto ao teor do Editorial escrito com clareza de detalhes por nossos colegas Marília Rosestolato e Thiago Filgueiras, e temos testemunhado a cada dia que passa, é que o vereador em questão é mais um, entre outros, a se mostrar subserviente ao atual mandatário do município e sua tropa de choque que teve por intenção, entendemos assim, atingir e desestabilizar a atual provedoria do Hospital São Salvador, na pessoa do médico Dr. Rafael Gracioli e sua equipe, que na assembleia geral extraordinária realizada recentemente no nosocômio alemparaibano, impediu que aquela casa de salvar vidas voltasse a ser um palanque eleitoral como foi durante vários anos.

À você, caro Matheus, que conhecemos desde tenra idade, filho de um grande amigo desde nossa infância, fica um conselho: tenha luz própria! Deixe de lado essa subserviência e seja mais responsável em seus atos e palavras. Da mesma forma com que o povo te escolheu como representante, você poderá ser execrado quando de um novo processo eleitoral que certamente virá a acontecer. Tenha luz própria, repetimos, e não seja um mero satélite daqueles que a todo custo, sem medir consequências, querem impor suas vontades ditatoriais.

E não venha, é um pedido que fazemos, responsabilizar veículos da imprensa de nossa Além Paraíba que, ao contrário do que podes pensar ou seus pares e “chefes” possam acreditar, já mostraram durante longos anos que nunca serão subservientes a A ou B.

E como finalizou o Jornal Agora em seu Editorial, “cobre de quem de direito ou a quem de dever”, pois quem criou o imbróglio, para nós o circo apelidado de CPI contra o HSS e seu provedor e outros médicos de nosso município, não foram os jornais que citaste, mas sim Vossa Excelência e alguns de seus pares que ainda não entenderam qual é o verdadeiro papel que um vereador deve desempenhar como representante do povo e não de um garoto mimado que vive cercado de bajuladores.

(*) Flávio Senra é, desde junho de 1993, o editor do Jornal Além Parahyba