Tribunal do Júri em Leopoldina condena homem a 49 anos de prisão por duplo homicídio

Corpos das vítimas foram recuperados em janeiro de 2018 com marcas de tiros e outros ferimentos.

A Justiça condenou a 49 anos de prisão em regime fechado o acusado de matar Nasser Kadri e Eneias Mateus de Assis em janeiro de 2018. Os corpos foram recuperados pelo Corpo de Bombeiros no Rio Pomba, próximo a Leopoldina, com perfurações de arma de fogo e ferimentos com instrumentos cortantes. Quatro pessoas foram indiciadas pela Delegacia Especializada de Homicídios da 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Leopoldina.

De acordo com as informações obtidas pelo jornal O Vigilante Online junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o Tribunal do Júri ocorrido na Comarca de Leopoldina teve início às 9h30 da terça-feira (23) e terminou às 23h30 desta quarta. Dois dos quatro acusados foram levados a julgamento e os demais recorreram da Sentença de Pronúncia.

Segundo o TJMG, o Conselho de Sentença entendeu que caberia a absolvição para um dos acusados e a condenação para o outro, o qual obteve uma pena de 49 anos de prisão em regime fechado.

Os outros dois réus que aguardam julgamento estão presos fora da cidade. Um encontra-se custodiado no Mato Grosso do Sul e o outro em São Paulo.

O duplo homicídio ocorreu no dia 9 de janeiro de 2018 na zona rural do município de Recreio, ocasião em que os denunciados, por motivo torpe, com emprego de meio cruel e mediante dissimulação, mataram as vítimas. Logo após ocultaram os cadáveres, que foram jogados nas águas do Rio Pomba. Além disso, os réus furtaram o automóvel BMW/320, utilizados pelas vítimas, transportando o veículo para outro Estado. Consta, ainda, dos autos que os denunciados, na mesma data, estavam associados para o fim de praticar, reiteradamente ou não, o crime de tráfico de drogas.

Em junho de 2019 a Polícia Civil de Leopoldina concluiu o inquérito sobre o crime e o encaminhou para a Justiça. Na ocasião, a Delegacia Especializada de Homicídios de Leopoldina informou que um homem de 44 anos foi preso em Recreio, um policial militar do Mato Grosso do Sul, de 47 anos foi preso no Rio Grande do Norte e um homem de 39 anos foi preso no estado de São Paulo, todos em junho daquele ano.

Fonte e foto: O Vigilante Online