Minas Gerais confirma 14 casos de dupla contaminação por Covid-19 e gripe

Pelo menos 14 casos de Flurona já foram notificados em Minas. A dupla infecção por gripe e Covid-19 foi confirmada em pacientes de nove cidades. Os dados são Secretaria de Estado de Saúde. Não existem informações sobre mortes.

As notificações da coinfecção pelos vírus SARS-CoV-2 e Influenza ocorreram após testes feitos em laboratórios particulares, que foram reportados ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS-MG). São cinco casos em Juiz de Fora, na Zona da Mata, dois em Poço Fundo, no Sul de Minas, e o restante em Belo Horizonte, Araxá, Ipatinga, Itamonte, Monte Carmelo, São Lourenço e Uberlândia.

A Secretaria de Estado de Saúde informou que acompanha a evolução dos pacientes e aguarda orientações técnicas do Ministério da Saúde para conclusão da investigação. Segundo a pasta, não há registros suspeitos em investigação.

Governo de MG admite medidas restritivas

O Governo de Minas não descarta adotar medidas restritivas para conter a alta dos casos de Covid-19, impulsionada pela transmissão da variante ômicron. Segundo o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, todas as regiões ainda estão na onda verde, mesmo com a incidência maior de diagnósticos da doença.

Conforme o gestor, as restrições poderão ser adotadas caso haja uma pressão sobre o sistema de saúde com o aumento de internações. “A incidência já puxou a pontuação para cima no Minas Consciente e a diferença está na ocupação de leitos para precisar de uma medida nova”, alertou o secretário. Caso se tenha alguma restrição, os anúncios devem ocorrer nas próximas semanas. Isso porque, a estimativa de Baccheretti é de que Minas atinja o pico de casos de Covid nos próximos 15 dias.

Fonte: Agência Minas