Mulher é presa com droga na vagina ao entrar na Penitenciária de Muriaé

A droga foi descoberta quando a mulher passou por um equipamento de revista.

Uma mulher de 20 anos de idade, moradora do bairro Santa Terezinha, foi presa na noite de sexta-feira, 04 de fevereiro, após tentar entrar na Penitenciária de Muriaé para uma visita intima, com um tablete de maconha dentro da vagina embalada em papel carbono.

A droga foi descoberta quando a mulher passou por um equipamento de revista, a qual acusou algo suspeito dentro de seu órgão genital. Ela foi levada para uma revista mais minuciosa e após muita conversa com as policiais penais, ela confessou que estava tentando entrar com a droga na unidade prisional.

A jovem informou também que comprou a droga no bairro onde mora a pedido de seu companheiro, de 19 anos de idade, que está detido naquela unidade prisional. O detento, ao ser questionado, confessou ter pedido a companheira para trazer o entorpecente na visita íntima. Ele responderá pelo delito e sua pena pode ser aumentada.

Segundo a mulher, seu companheiro disse que a droga era para consumo próprio dentro da unidade, mas que quando estava solto, praticava tráfico de drogas em Muriaé.

Ela foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil e apresentada ao delegado de plantão, junto com a droga apreendida e fotografias retiradas pelo equipamento em que comprovam a tentativa de entrar na penitenciária com o entorpecente escondido nas partes intimas.Fonte e fotos: Site Marcelo Lopes com informações da Rádio Muriaé