Pagamento irregular do Auxílio Emergencial pode chegar a quase R$ 809 milhões em 2020

A Controladoria-Geral da União (CGU) encontrou indícios de que o pagamento irregular do Auxílio Emergencial de R$ 300, que vigorou por quatro meses em 2020, pode ter chegado a R$ 808,9 milhões em 2020. Ao mesmo tempo, a CGU identificou famílias que não receberam todas as parcelas a que tinham direito.

Em relatório do final do ano passado, o órgão avaliou que 1,8 milhão de brasileiros podem ter recebido as parcelas indevidamente – o número equivale a 3,2% do total de 56,8 milhões de beneficiários.

Como consequência, o Ministério da Cidadania passou a adotar ações preventivas para suspender, bloquear ou cancelar benefícios com indicativo de irregularidades.

Fonte: Rádio CPN com informações da CGU