Chuvas em Cataguases deixam ao menos 79 pessoas desabrigadas e uma vítima fatal

Tromba d’água em ribeirão causa alagamentos em bairros e distritos do município; mulher de 52 anos foi arrastada enquanto tentava cruzar ponte.

Grande volume de chuvas chamou atenção em Cataguases (Foto: Redes sociais)

Pelo menos 79 pessoas ficaram desabrigadas e uma mulher de 52 anos morreu em Cataguases após fortes chuvas atingirem o município entre sábado (12) e domingo (13). O temporal causou uma tromba d’água no Ribeirão Meia Pataca, resultando em diversos pontos de alagamento em bairros e distritos da cidade. Em função disso, a Prefeitura de Cataguases instalou abrigos provisórios em escolas municipais para atender as vítimas.

De acordo com a Defesa Civil do município, a chuva concentrada em um curto espaço de tempo fez com que, durante a madrugada de domingo, o nível do ribeirão subisse repentinamente e vários pontos da cidade ficassem alagados. Dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) apontaram que, em 48 horas, o município registrou cerca de 70 milímetros de chuvas. A critério de comparação, o acumulado de precipitação corresponde a 40% do esperado para a cidade de Juiz de Fora, durante todo o mês de fevereiro.

Entre os pontos mais atingidos, estão os distritos de Glória e Sereno, além do Bairro Pouso Alegre. Segundo comunicado da Prefeitura, servidores chegaram a se dirigir a algumas regiões para alertar pessoas que residem em áreas de risco sobre a possibilidade de enchente. “Temos, como prioridade, neste domingo, atender a essas pessoas atingidas, prover a elas segurança e alimentação”, disse, em comunicado veiculado pelas redes sociais do Município, o prefeito José Henriques (MDB). “Começamos o trabalho de recuperação dessas famílias e atendimento a elas. Alguns pontos da cidade já estão sendo limpos e liberados por conta emergencial de estabilidade do tráfego”, relatou o chefe do Executivo.

Na noite de domingo, a Defesa Civil de Cataguases orientou que a população que mora próximo ao Ribeirão Meia Pataca continuasse em alerta e não retornasse às residências. Já na manhã desta segunda-feira (14), a Defesa informou que o nível do Rio Pomba alcançou 5,10 metros às 8h30, o que deixou a cidade em alerta.

O prefeito José Henriques, por sua vez, ainda pediu apoio da comunidade na arrecadação de doações para atender aos atingidos pelas chuvas. “Peço a todos vocês que, sensibilizados com essa situação de Cataguases, busquem a Secretaria de Desenvolvimento Social e façam as doações do que entenderem por bem”.

Vítima fatal

Também pelas redes sociais, a Prefeitura de Cataguases informou o falecimento de Lucimar da Silva Pinto, de 52 anos, relacionado às chuvas. Segundo o Executivo, ela conduzia um veículo por uma estrada vicinal na região de Joaquim Vieira, próximo ao distrito de Sereno, quando o carro foi arrastado pela água. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mulher ainda teria abandonado o veículo e tentado seguir a pé, mas não teve sucesso. A Prefeitura lamentou a morte.

Fonte: Tribuna de Minas