JOEL DE MATOS E CARLOS ROBERTO “BANJO”

A Vila Laroca chora pela perda de dois moradores ilustres

Em dois dias consecutivos, segunda e terça-feira, 14 e 15 de março, o bairro alemparaibano de Vila Laroca perdeu dois de seus moradores mais ilustres: Joel de Matos e Carlos Roberto “Banjo.

Joel de Matos era ferroviário aposentado, tendo atuado com dedicação e competência como instrutor do extinto SENAI 6-1 da Estrada de Ferro Leopoldina por inúmeros anos, onde repassava aos seus alunos a arte da Ferraria. “Seu Joel era um homem de bem que sempre tratou seus alunos com grande respeito e carinho. Tive a oportunidade de, como aluno do SENAI, passar por suas mãos. Assim como eu, muitos alunos do extinto Senai tinham grande admiração por ele”, ressalta Flávio Senra, editor do site do Jornal Além Paraíba.

Joel de Matos teve participação ativa na criação da CNEG, hoje CNEC – Colégio Professor Sérgio Ferreira, oferecendo total apoio à professora Else de Deus Pimenta Brandão Ferreira, idealizadora daquele importante educandário alemparaibano. Joel de Matos faleceu na segunda-feira, dia 14 de março.

A outra grande perda da Vila Laroca, esta ocorrida ontem, terça-feira, 15 de março, foi a do engenheiro químico Carlos Roberto da Silva. “Banjo”, como era popularmente conhecido, foi um dos fundadores do extinto Conjunto Vanguarda e da Escola de Samba da Vila, ativista cultural de destaque, comerciante e comentarista político na Rádio 102,7 FM.

“Dono de uma inteligência incomum, Banjo era um bom bate-papo sobre qualquer tipo de assunto e estava sempre cercado de amigos, em especial aqueles que frequentavam o Bar do Nininho, na Vila Laroca. É uma perda irreparável!”, salienta Flávio Senra.

Aos familiares de Joel de Matos e de Carlos Roberto “Banjo”, duas grandes personalidades não somente da Vila Laroca, mas de todo o município alemparaibano, fica o registro de grande pesar da direção e colaboradores do Jornal Além Parahyba…