Câmara Municipal de Além Paraíba realizou reunião Ordinária Especial no distrito de Angustura

Prédio do Conselho Distrital de Angustura, local onde foi realizada a Reunião Ordinária Especial da Câmara Municipal de Além Paraíba.

A Câmara Municipal de Além Paraíba realizou na quarta-feira, dia 30 de março, Reunião Ordinária Especial no distrito alemparaibano de Angustura, o que atende Lei Municipal de 2001 que determina a realização de uma reunião anual naquela localidade.

A reunião aconteceu no centenário prédio do Conselho Distrital, e durante sua realização vários assuntos sobre a localidade foram abordados, todos de alta relevância, alguns novos, outros que se arrastam por anos a fio sem a as autoridades tomem qualquer providência. Um dos pontos ressaltados é a situação da estrada que liga a BR-116 à vila de Angustura, que não teve a sua obra de calçamento concluída e encontra-se paralisada faz vários meses. Vale ressaltar, segundo o editor do Jornal Além Paraíba, Flávio Senra, pela importância que já foi paga à empresa contratada pelo menos 40% da estrada era para estar concluída, o que não é a realidade. A estrada que liga Angustura à Fernando Lobo, assim como a maioria das estradas que cortam todo o distrito ligando as propriedades rurais no sentido de escoamento de seus produtos, encontra-se em petição de miséria, um fato que foi levado ao conhecimento dos vereadores.

Além de Flávio Senra, vários moradores usaram a Tribuna Livre da Casa do Legislativo Municipal para mostrar o seu descontentamento com a municipalidade, que transformou Angustura em um de seus vários cabides de emprego. Entre os reclamos apresentados estão:

·         O serviço de transporte escolar que acaba discriminando professores da Rede Estadual que lá atua, valendo ressaltar que a municipalidade utiliza parte do prédio da Escola Estadual Barão de São Geraldo para atender os alunos que são da Rede Municipal;

·         A insegurança que tomou conta dos moradores e proprietários rurais, vítimas da violência por parte de alguns indivíduos que lá residem, e os inúmeros furtos de gado que comumente são verificados na localidade;

·         A literal falta de interesse da municipalidade alemparaibanos aos imóveis tombados que lá existem, valendo também ressaltar que eles fazem parte da evolução de Além Paraíba, de grande relevância histórica não somente local, mas também regional;

·         Foram tecidas críticas sobre a situação da saúde publica na localidade, em especial sobre a atualização do Conselho Municipal de Saúde;

·         A municipalização da Educação, do 1º ao 5º ano, foi outro destaque, isto porque nada do que foi prometido foi cumprido, com as crianças-estudantes sofrendo coma ausência da merenda escolar, isto quando esta não chega já iniciando o estado de deteriorização.

Outras situações foram levadas aos vereadores que compareceram à reunião, ressaltando-se que quatro membros da edilidade alemparaibana se mostraram ausentes.