Lewandowski é comparado a “advogado de bandido” (veja o vídeo)

Ministro Ricardo Lewandowski. (Foto: Reprodução)

No programa “Os Pingos nos Is” da Rádio Jovem Pan, da noite da última quinta-feira (22), o jornalista Augusto Nunes criticou de forma dura a justificativa do ministro do STF, Ricardo Lewandowski, para a manutenção da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro no julgamento de processos contra o ex-presidiário Luís Inácio Lula da Silva.

A decisão da segunda turma pela suspeição de Moro, em 23 de março, foi confirmada pelo colegiado do Supremo, por 7 votos a 2 (faltam ainda dois votos, mas o julgamento foi suspenso após pedido de vistas por Marco Aurelio Mello.

Segundo o comentarista político, em seu voto, Lewandowski afirmou que o combate à corrupção promovido pela Operação Lava Jato, quebrou a Petrobras e foi o motivo para o Brasil deixar de ser uma das maiores economias do mundo.

A afirmação do magistrado, para Augusto Nunes, é típica de “advogados de bandidos” e de quem “tenta justificar a corrupção”.

Veja o vídeo:

Fonte: Jornal da Cidade On Line