Interventor manda desmontar, com orientação do RT da instituição, um dos aparelhos de Raio-X do Hospital São Salvador

O desmonte teve início na segunda-feira, dia 04 de maio, e o equipamento, segundo informações recebidas, deverá ser transformado em sucata.

José Roberto Monteiro de Faria, interventor municipal no HSS.

Dotado de dois aparelhos de Raio-X, ambos em perfeito funcionamento, daí capaz de oferecer aos que necessitam desse tipo de serviço uma maior rapidez em casos de urgência, o Hospital São Salvador se vê desde a última segunda-feira (04) em uma situação de grande preocupação no que diz respeito o seu atendimento à população. Segundo informações obtidas e com fotos mostrando o tamanho absurdo, o interventor municipal, José Roberto Monteiro de Faria, também Chefe de Gabinete do prefeito Miguelzinho, que ora deveria estar cuidando e melhorando as condições da instituição, estaria, com a orientação do Responsável Técnico da mesma, enfermeiro Denis Pimentel, desmontando um desses aparelhos sob a alegação de que “o que dá dinheiro no HSS é internação e não serviço de tal natureza que na atualidade tem pouca demanda dentro da instituição, tanto que pretende usar o espaço que o abriga para criar mais um leito hospitalar”.

Não somente um absurdo, mas também um crime pode estar acontecendo no HSS, isto porque o equipamento que está funcionando com perfeição, mesmo que não esteja sendo utilizado devido a pequena demanda na atualidade deve custar mais de R$ 100 mil, e será jogado em um canto qualquer para a seguir ser recolhido como sucata.

Com a palavra o Poder Judiciário e o Ministério Público da Comarca de Além Paraíba, as autoridades policiais já que tal situação certamente é criminosa já que o equipamento pertence à instituição e não ao município, bem como todos os membros da Câmara Municipal, veículos de comunicação e população de Além Paraíba.

Abaixo, fotos clicadas no local cuja autoria o Jornal Além Parahyba mantém sob estrito sigilo…